Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês

Cremes para estrias não funcionam, diz estudo

De acordo com pesquisa da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, os produtos não são capazes de reparar as fibras elásticas danificadas da pele

Por Da Redação 18 dez 2015, 14h14

Não há produto capaz de prevenir, reduzir ou acabar com as estrias. É o que diz uma pesquisa publicada recentemente na prestigiosa revista científica British Journal of Dermatology. De acordo com o estudo, liderado por Frank Wang, dermatologista e professor da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, não há evidência científica para comprovar a eficácia destes produtos.

As estrias, sobretudo decorrentes da gravidez, afetam entre 50% e 90% das mulheres. Entre os fatores de risco estão: histórico familiar, ganho de peso e o tipo de gestação (múltipla ou de um bebê).

Leia também:

Radiação solar danifica a pele até no escuro, diz estudo

Protetor solar ajuda a prevenir envelhecimento da pele, confirma pesquisa

No estudo, os pesquisadores compararam amostras de pele com estrias recém-formadas de 27 mulheres grávidas, com o tecido de outras regiões, como abdômen e quadril. Os resultados mostraram que, em uma estria, a rede de fibras elásticas na derme fica danificada. Apesar de essas fibras elásticas terem a capacidade de “esticar e voltar à forma anterior”, uma vez danificadas, não é possível repará-las.

Os produtos disponíveis no mercado atualmente não são capazes de reparar as fibras elásticas quebradas. “Pode fazer mais sentido, portanto, focar em preservar as fibras elásticas em vez de reparar as danificadas”, disse Wang.

A equipe continua estudando formas de prevenir e tratar as estrias.

(Da redação)

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)