Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Covid-19: SP recebe lote para preparo de 1 milhão de doses da CoronaVac

Trata-se da segunda entrega endereçada ao Instituto Butantan; 46 milhões de doses estão previstas no acordo entre o governo paulista e a China

Por Da Redação Atualizado em 3 dez 2020, 07h25 - Publicado em 2 dez 2020, 18h43

O governo de São Paulo recebeu nesta quinta-feira, 3, a segunda entrega referente à CoronaVac, vacina para Covid-19 produzida pelo laboratório chinês Sinovac Life Science, no Brasil. Chegou no Aeroporto de Guarulhos um lote com 600 mil litros de insumo suficientes para a produção de 1 milhão de doses no Instituto Butantan, parceiro da organização asiática.

A aterrissagem do material ocorreu por volta das 5h30 e o governador João Doria, bem como o diretor do Butantan, Dimas Covas, estiveram presentes. Caberá ao centro de imunização brasileiro finalizar o preparo e realizar o envase do produto. Até agora, o acordo entre as partes prevê 46 milhões de doses de vacina disponíveis no Brasil até o início de 2021.

João Doria recebe novos insumos da CoronaVac - 03/12/2020 -
João Doria recebe novos insumos da CoronaVac – 03/12/2020 – Twitter/jdoriajr/Reprodução

Atualmente, o medicamento está em fase 3 de testes no Brasil, com aval para reunir 13.060 voluntários. Os documentos iniciais para liberação do antígeno foram entregues à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) em outubro. Para que o processo de registro — ou seja, liberação — do medicamento seja possível, técnicos do órgão estão no país asiático realizando vistorias previstas no protocolo da agência. A ideia é averiguar as práticas de produção do imunizante.

Continua após a publicidade
Publicidade