Clique e assine a partir de 9,90/mês

Coronavírus: estudo sugere vitamina D como aliada na prevenção da doença

A ingestão de suplementação farmacêutica, no entanto, deve ser restrita aos que receberam orientação médica para o uso

Por Da Redação - Atualizado em 27 Mar 2020, 14h27 - Publicado em 27 Mar 2020, 14h21

Um estudo publicado nesta semana pela Universidade de Turim sugere que a vitamina D pode ser grande aliada na prevenção de casos de Covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus. De acordo com os professores Giancarlo Isaia e Enzo Medico, especialistas em geriatria e histologia (o estudo dos tecidos) respectivamente, e responsáveis pelo documento, foi notada uma deficiência do nutriente entre os pacientes italianos com diagnóstico positivo para a doença.

De acordo com o estudo, há diversas evidências científicas dos efeitos da vitamina D na prevenção de quadros infecciosos e de doenças que podem reduzir a expectativa de vida em idosos. Portanto, os pesquisadores consideram “provável” que o nutriente possa prover uma maior resistência à infecção por Covid-19.

ASSINE VEJA

Coronavírus: a salvação pela ciência
Coronavírus: a salvação pela ciência Enquanto os melhores laboratórios do mundo entram em uma luta bilionária contra a doença, países trazem experiências bem-sucedidas para que a vida e a economia voltem à normalidade
Clique e Assine

O documento aponta que a compensação de Vitamina D pode ser alcançada principalmente com a devida exposição à luz solar e pelo consumo de alimentos ricos em vitamina D como peixes e ovos. A ingestão de suplementação farmacêutica à base de vitamina D, no entanto, deve ser restrita aos que receberam orientação médica para o uso.

Publicidade