Clique e assine a partir de 9,90/mês

Coronavírus: SP aumenta em oito vezes o número de testes aplicados

Em abril, eram realizados em todo o estado 1.000 análises moleculares e sorológicas por dia; essa taxa subiu para 8.000

Por Da Redação - Atualizado em 4 jun 2020, 13h38 - Publicado em 4 jun 2020, 13h37

O governo do estado de São Paulo anunciou em coletiva de imprensa dessa quinta-feira, 4, que atualmente cerca de 8.000 testes para Covid-19 são processados todos os dias em todo o estado. Em abril, essa taxa era de 1.000 testes diários.

Uma das mudanças recentes foi a extensão da testagens para pacientes com sintomas leves da doença, uma vez que procurem o serviço de saúde. Até a última semana, apenas os pacientes intermediários e graves eram testados para a confirmação da doença.

ASSINE VEJA

As consequências da imagem manchada do Brasil no exterior O isolamento do país aos olhos do mundo, o chefe do serviço paralelo de informação de Bolsonaro e mais. Leia nesta edição
Clique e Assine

Essa contagem foi informada pelo diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, um dos especialistas escolhido por João Doria para integrar o chamado comitê de contingência da doença em toda a região. Covas pontuou que grupos específicos também passarão a ser testados em um esquema de campanha para verificar se já têm anticorpos da doença.

São eles: especialistas em saúde — 12.000 funcionários do Hospital das Clínicas (HC) de Ribeirão Preto e 20.000 no HC de São Paulo; os internos da Fundação Casa — 138 unidades em todo o estado; e idosos em casas de repouso — são 552 casas asilares em toda a região. A ideia é que, nesses locais, quem testar positivo ou apresentar sintomas da doença, também faça o exame RT-PCR, mais preciso. Uma vez confirmada a doença, será orientado que o paciente seja isolado dos outros.

Continua após a publicidade

Em relação aos policiais paulistas, foi informado que 70.000 pessoas (entre oficiais e seus familiares) passaram pelos testes de sorologia. De acordo com Dimas Covas, cerca de 20% deles apresentaram anticorpos para a doença. Ou seja, foram acometidos e já estão recuperados.

De acordo com o levantamento diário, São Paulo teve 285 novas mortes nas últimas 24 horas, já em relação aos novos casos, estes totalizam 5.717.

Também foi anunciado que novos leitos de UTI serão abertos nos próximos dias. Oito deles são na cidade de Votuporanga, em São José do Rio Preto, que teve 100% de ocupação dos leitos detectada. Outros 43 serão abertos na região metropolitana da Grande São Paulo.

 

Publicidade