Clique e assine a partir de 9,90/mês

Comércios, bares e academias poderão abrir por 8 horas em SP

A autorização vale a partir de sexta-feira, 21, para regiões que estão na fase amarela do Plano SP

Por Da redação - Atualizado em 19 ago 2020, 19h11 - Publicado em 19 ago 2020, 13h36

O governo do estado de São Paulo autorizou a ampliação do período de abertura de estabelecimentos comerciais de seis para oito horas diárias, a partir de sexta-feira, 21. A medida vale para comércios, restaurantes, bares, academias, escritórios e salões de beleza em regiões que estão na fase amarela do Plano São Paulo. O horário limite de funcionamento é até 22h.

Os estabelecimentos poderão escolher se funcionam por um período contínuo ou fracionado. A autorização da flexibilização nos municípios fica a cargo de cada prefeitura.

ASSINE VEJA

A encruzilhada econômica de Bolsonaro Na edição da semana: os riscos da estratégia de gastar muito para impulsionar a economia. E mais: pesquisa exclusiva revela que o brasileiro é, sim, racista
Clique e Assine

Na sexta-feira, 21, o governo irá publicar os protocolos que deverão ser adotados pelas escolas que decidirem escolher a volta opcional às aulas. Segundo Plano São Paulo, as cidades que estão na fase amarela há 28 dias poderão reabrir as escolas da rede pública e privada em setembro para atividades de reforço escolar e atividades opcionais.

LEIA TAMBÉM: Dilemas da volta às aulas durante a pandemia de coronavírus

Nesta quarta-feira, 19, o estado de São Paulo atingiu 27.591 óbitos e 721.377 casos de coronavírus. A taxa de ocupação de UTIs permanece abaixo de 60%: são 57,2% no estado como um todo e 55,2% na Grande São Paulo.

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade