Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Casos de overdose aumentam. Conheça as drogas mais letais

De acordo com dados de um centro americano, o número de mortes causadas por overdose aumentou 23% em quatro anos nos Estados Unidos

O uso de drogas ilegais e o abuso de medicamentos faz vítimas todos os anos no Brasil e no mundo. Somente de 2010 para 2014, segundo os últimos dados divulgados pelo Sistema Nacional de Estatísticas Vitais, que acompanha a causa de morte através de atestados de óbitos nos Estados Unidos, houve um aumento de 23% em casos de mortes por overdose de medicamentos e drogas.

Entre as principais, estão os chamados opioides, que inclui, além da heroína, analgésicos como oxicodona, morfina, metadona e fentanila.  Eles atuam no sistema nervoso e geralmente são indicados para o alívio da dor. Seu uso indevido, porém, pode causar dependência física e sintomas de abstinência.

Depois, entre os mais perigosos, estão os bendiazepínicos, grupo dos sedativos, ansiolíticos, anticonvulsivantes e relaxantes musculares, como alprozolam, mais conhecido como Xanax.  E ainda os estimulantes como a cocaína e a metanfetamina.

De acordo com os pesquisadores, o índice de mortes por overdose de heroína triplicou em quatro anos, as por abuso de metanfetaminas duplicou nos últimos cinco anos, e os casos envolvendo fentanil (usado para o tratamento de dor) duplicou no período de apenas um ano, entre 2013 e 2014. No Brasil, faltam dados sobre o número de mortes causadas por abuso de drogas ou medicamentos.

Confira abaixo as dez principais substâncias que levam a overdoses fatais: