Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Casos de depressão e de ansiedade dobram durante quarentena

Pesquisa, que entrevistou 1.460 pessoas de 23 estados brasileiros, mostra que mulheres, pessoas com doenças preexistentes e sedentários são os mais afetados

Por Jana Sampaio
Atualizado em 15 mar 2021, 09h31 - Publicado em 6 Maio 2020, 14h19

Um estudo da Universidade do Estado do Rio de Janeiro mostrou o crescimento do número de casos de depressão em quase 50% e de ansiedade em 80% desde o início da quarentena no Brasil. A pesquisa mostrou que as mulheres são mais propensas a sofrer com estresse e ansiedade durante o isolamento social, em especial as que precisam sair de casa para trabalhar, as que têm doenças preexistentes e são sedentárias.

Entre os dias 20 de março e 20 de abril, 1 460 pessoas de 23 estados responderam um questionário online com mais de 200 perguntas. O levantamento, coordenado pelo professor Alberto Filgueiras, do Instituto de Psicologia da Uerj, aponta ainda que quem não convive com crianças e mora com idosos têm mais chances de ter depressão nesse período.

ASSINE VEJA

Revista veja capa
Moro fala a VEJA: ‘Não sou mentiroso’ Em entrevista exclusiva, ex-ministro diz que apresentará provas no STF das acusações contra Bolsonaro. E mais: a pandemia nas favelas e o médico brasileiro na linha de frente contra o coronavírus. Leia nesta edição. ()
Clique e Assine

De acordo com o professor Filgueiras, os resultados sugerem um agravamento preocupante. Isso porque a quantidade de pessoas com estresse agudo na primeira coleta de dados (entre 20 a 25 de março) foi de 6.9% contra 9.7%, na segunda (15 a 20 de abril). Foi registrado o salto de 4,2% para 8% dos casos de depressão. Já a crise aguda de ansiedade aumentou de 8,7% para 14.9%.

Continua após a publicidade

De acordo com o levantamento, quem recorreu à psicoterapia pela internet e praticou exercícios apresentou índices menores de estresse e ansiedade.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.