Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Brasil ainda é o 60º no ranking de vacinação para cada 100 pessoas

Seychelles lidera a lista com 141 doses para cada 100 pessoas; Chade, na África, é o pior, com menos de 0.1 de doses aplicadas para cada 100 cidadãos

Por Matheus Deccache 14 jun 2021, 18h12

O processo de vacinação contra a Covid-19 segue caminhando ao redor do mundo. Até o momento, mais de 2,33 bilhões de doses foram aplicadas, o equivalente a 30 doses para cada 100 pessoas, segundo dados do New York Times. Como o processo de imunização fica a cargo de cada país, há uma diferença grande na quantidade de doses aplicadas entre as nações. De acordo com o ranking, o Brasil ocupa apenas a 60ª posição, com 36 doses administradas para cada 100 pessoas, muito atrás de países como Israel, Estados Unidos e Reino Unido, referências mundiais de imunização. 

Liderando o ranking está Seychelles, país da África Oriental que já aplicou 141 doses para cada 100 habitantes, representando um total de 72% de sua população recebendo ao menos a primeira dose e 68% estando completamente vacinados. Na sequência estão Emirados Árabes Unidos, aplicando 140 doses para cada 100 pessoas, e Israel, com 117 doses administradas para cada 100 cidadãos. Completando a lista dos cinco primeiros aparecem Malta e Bahrein, com 115 e 114 aplicações, respectivamente. Ultrapassando a marca das 100 doses estão, ainda, Aruba, Mongólia, Chile, Reino Unido e Curaçau.  

No outro extremo do ranking, Chade, país da África Central, aplicou pouco mais de cinco mil doses em sua população, o equivalente a menos de 0.1 dose para cada 100 pessoas. Também sem conseguir atingir a marca de 0.1 dose estão o Congo e Burkina Faso. Completando a lista das cinco nações que menos vacinaram estão Sudão do Sul, com 0.1 dose aplicada para cada 100 cidadãos, e Benin, com 0.2 doses. Dentre os que ainda não atingiram a marca de 1 dose aplicada para cada 100 pessoas estão mais 12 países, entre eles Síria, Camarões e Somália.  

No Brasil, 80.035.377 de doses já foram aplicadas em toda a população desde o início da campanha de vacinação. Destas, 56.159.407 são referentes à primeira dose e 23.875.970 são referentes à segunda dose. 

Continua após a publicidade
Publicidade