Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Anvisa recebe pedido para produção de vacina da Covid com insumo nacional

Fiocruz fez solicitação para ser incluída entre as fábricas do imunizante da AstraZeneca. Se aprovada, produção da vacina será 100% nacional

Por Paula Felix 26 nov 2021, 20h09

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) fez um pedido nesta sexta-feira, 26, para a inclusão de sua fábrica como local de produção do insumo farmacêutico ativo (IFA) da vacina contra a Covid-19 da AstraZeneca para a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A solicitação será avaliada em um prazo de até 30 dias e, se aprovada, a produção do imunizante será 100% nacional.

“Para a obtenção de parecer favorável, a Anvisa avaliará a equivalência do processo produtivo, comprovando que as vacinas produzidas com o IFA de Bio-Manguinhos/Fiocruz possuem a mesma eficácia, segurança e qualidade daquelas processadas com o ingrediente importado, além das metodologias analíticas exigidas e as etapas do processo produtivo”, detalhou, em comunicado, a Fiocruz.

Segundo a entidade, o processo de transferência de tecnologia para a produção nacional foi feita em tempo recorde, em um ano, quando o processo costuma demorar em torno de dez anos.

“Esta é a última etapa regulatória para a obtenção da vacina 100% nacional”, informou.

A Fiocruz disse que concluiu a produção de cinco lotes de IFA nacional e que quatro foram liberados internamente e estão em estudos de comparabilidade analítica no exterior. Outros três estão em processamento.

Continua após a publicidade

Publicidade