Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Veja Essa

As frases que marcaram a semana

Parece que jamais conseguiremos consertar a sociedade e sua incessante necessidade de diminuir, menosprezar e degradar o que é bom. Principalmente mulheres fortes e independentes.

MADONNA, cantora, desancando o jornal 'The New York Times' por reportagem sobre seus 60 anos e os “infindáveis comentários sobre minha idade, o que não aconteceria se eu fosse homem”

Durante a campanha falamos que iríamos despedalar os bancos públicos.

PAULO GUEDES, ministro da Economia, ao anunciar que a Caixa Econômica vai devolver 3 bilhões de reais ao Tesouro, produto das famosas “pedaladas fiscais” que derrubaram Dilma Rousseff

O enredo é fácil de entender, a conta é que é difícil de engolir.

PREFEITURA do Rio de Janeiro, em comercial da TV sobre quem ganha e quem perde com o Carnaval. Segundo o roteiro, ela perde; a Rede Globo está entre os que ganham. A emissora não vai divulgar a peça

Sob certas circunstâncias, Israel tem o direito de anexar partes da Cisjordânia.

DAVID FRIEDMAN, embaixador dos Estados Unidos em Jerusalém, remexendo num vespeiro ao dar palpite sobre uma região considerada por todos os órgãos internacionais como território ocupado

Sou mãe, tenho dois filhos. Se meu filho for teimoso e eu o mimar e tolerar as teimosias, estarei compactuando com elas.

CARRIE LAM, dirigente de Hong Kong, fazendo pouco das manifestações que levaram milhares de pessoas às ruas contra um projeto de lei que facilita a extradição para a China continental — visto como um enfraquecimento do estatuto especial da ilha

A polícia de Nova York agiu errado. Ponto-final.

JAMES O’NEILL, chefe da força, ao pedir desculpas formais pela violência policial contra homossexuais em uma blitz na boate Stonewall, há cinquenta anos. O confronto é considerado o ponto de partida do movimento pelos direitos dos gays

Às vezes é preciso ver a mulher sangrando depois de ser espancada para sentir algum impacto.

MELANIA GEYMONAT, comissária de bordo uruguaia, ao publicar no Facebook fotos dela e de sua namorada com o rosto e as roupas ensanguentados. Elas foram atacadas em um ônibus londrino por se recusar a obedecer a um grupo de rapazes que exigiam que elas se beijassem

Não é meu papel frear minhas jogadoras e reprimi-las em um momento com o qual sonhavam.

JILL ELLIS, técnica do time de futebol dos Estados Unidos na Copa do Mundo feminina na França. As americanas ganharam de 13 a 0 da Tailândia na estreia, comemoraram muito e foram recriminadas nas redes pela falta de sensibilidade diante das chorosas derrotadas

 (//Divulgação)

Aconteceu umas quatro vezes. Ele falou: ‘Menor, vai sair comigo hoje? Se não sair, pode ir para casa e não voltar nunca mais’.

XUXA, apresentadora, revelando, sem dar nomes, que recebeu convites para o deplorável teste do sofá antes de ser famosa

Quando eu fico com a garganta inflamada, são os piores dias da minha vida. Por não poder falar. É o meu castigo. Eu falo pelos cotovelos.

MAÍSA SILVA, apresentadora de 17 anos, confessando seus pecados

A torcida vascaína dizendo: ‘Glórias, glórias, glórias (…) a Deus’. Sete glórias, depois entoa: ‘A Deus’. Logo depois: ‘ô, ô, vamos ganhar, Vasco’. Vai estremecer tudo, mermão. O time rival? Perninha vai tremer.

CABO DACIOLO, bombeiro e muito devoto ex-candidato à Presidência, postando a fórmula infalível para seu time, o Vasco, ganhar todas

Infelizmente, incentivaram o planejamento familiar durante anos neste país, em uma tentativa de levar nossa geração à extinção.

RECEP ERDOGAN, presidente da Turquia de viés nacionalista, ao discursar como padrinho de casamento do jogador turco-alemão Mesut Özil, a quem aconselhou ter muitos filhos

Um confuso conceito de liberdade que pertence ao plano dos sentimentos e desejos.

VATICANO, condenando a ideia de que existem várias opções de gênero, em documento de orientação para professores e pais católicos

Publicado em VEJA de 19 de junho de 2019, edição nº 2639

Envie sua mensagem para a seção de cartas de VEJA
Qual a sua opinião sobre o tema desta reportagem? Se deseja ter seu comentário publicado na edição semanal de VEJA, escreva para veja@abril.com.br