Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Veja Essa

As frases que marcaram a semana

O silêncio é a única resposta que devemos dar aos tolos, porque, onde a ignorância fala, a inteligência não dá palpites.

MARCELO BRETAS, juiz da Lava-Jato no Rio de Janeiro, em postagem nas redes sociais depois que uma liminar soltou o ex-presidente Michel Temer, preso por ordem sua

Estamos jogando a toalha porque nos sentimos cercadas de um clima de desconfiança e de progressiva deslegitimação.

LUCETTA SCARAFFIA, fundadora de uma revista mensal feminina publicada pelo Vaticano, em carta ao papa Francisco em que anuncia sua renúncia e a de todo o conselho editorial por causa das pressões para colocar o periódico “sob controle direto dos homens”, em consequência de reportagens sobre o abuso sexual de freiras por religiosos

Como somente um traje com torso de tamanho médio estará pronto até a sexta 29, é Koch que vai usá-lo.

NASA, a agência espacial, explicando que desistiu de promover o primeiro passeio no espaço só para mulheres por falta de roupa. A astronauta Christina Koch ganhou a parada, ao lado de Nick Hauge. A excursão de sua colega, Anne McClain, ficou para abril

“Imagine se o Relatório Starr tivesse sido entregue apenas à secretária da Justiça, Janet Reno, e que ela o lesse e divulgasse uma carta de quatro páginas manifestando unicamente sua conclusão de que o presidente não cometeu nenhum crime.”

MONICA LEWINSKY, a célebre estagiária de Bill Clinton, comparando o escândalo causado pela investigação sobre seu caso com o presidente, revelada até nos íntimos detalhes (por ordem do Congresso), e o ainda secreto Relatório Mueller, sobre as relações de Trump com a Rússia . O post foi dos mais retuitados do dia

É assustador saber que, em 2017, 144 policiais americanos morreram em serviço, 1 000 militares perderam a vida em combate e 2 462 crianças em idade escolar foram mortas por armas de fogo.

CHARLES HENNEKENS, da escola de medicina da Universidade Atlantic Florida, autor do levantamento de óbitos nos três grupos, publicado no 'American Journal of Medicine'

A primeira-ministra é totalmente ignorante em questões de política externa.

KLAUS IOHANNIS, presidente da Romênia, desautorizando o anúncio da premiê Viorica Dancila de que a embaixada do país em Israel vai se mudar para Jerusalém

Não vou jogar dominó com Lula e Temer no xadrez.

JAIR BOLSONARO, presidente, colocando no mesmo saco as negociações no Congresso para aprovar projetos e as práticas ilícitas de que os dois ex-presidentes são acusados

(Para) obter apoios da extrema esquerda na França, no México, no Brasil e do próprio Lula.

ALBERTO NOBILI, promotor italiano que interrogou Cesare Battisti na prisão e disse ter ouvido dele 1) a confissão de que, de fato, mandou matar ou matou quatro pessoas na década de 70 e 2) o motivo (acima) de ter se declarado inocente até agora

O Steve Jobs acabou com tudo.

MIGUEL FALABELLA, ator e diretor, culpando o dono da Apple, inventor do iPhone, pelo fato de os jovens ficarem grudados no celular e deixarem de ir ao teatro

O Neymar é um jogador mimado? Não. O Neymar é um filho mimado. (…) Eu vou mimar meu filho. Tenho meu direito.

NEYMAR DA SILVA SANTOS, empresário e provedor de mimos ao craque

Não é possível que o presidente não perceba que não dá para governar com a cabeça em 64.

JANAINA PASCHOAL, deputada estadual (PSL-SP), a mais votada da história, tentando chamar o ocupante do Planalto à razão

Foi um movimento necessário, para que o Brasil não se tornasse uma ditadura.

ERNESTO ARAÚJO, ministro das Relações Exteriores, defendendo a ditadura militar -- a mesma que ele, no governo de Dilma Rousseff, costumava criticar

Comemorar a instalação de uma ditadura que fechou instituições democráticas e censurou a imprensa é querer dirigir olhando para o retrovisor, mirando uma estrada tenebrosa.

FELIPE SANTA CRUZ, presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, criticando a orientação de Bolsonaro para o 31 de Março ser comemorado “da forma devida” nos quartéis

 (Estevam Avellar/TV Globo)

Racismo é uma coisa muito séria que está sendo misturada com muita coisa inútil.

GLÓRIA MARIA, jornalista, condenando a repercussão negativa da foto de Donata Meirelles, expoente do mundo da moda, vestida de sinhá e cercada de mucamas na festa dos seus 50 anos. Glória afirma que, “como negra”, não viu nada de mais

Publicado em VEJA de 3 de abril de 2019, edição nº 2628

Envie sua mensagem para a seção de cartas de VEJA
Qual a sua opinião sobre o tema desta reportagem? Se deseja ter seu comentário publicado na edição semanal de VEJA, escreva para veja@abril.com.br