Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Veja Essa

As frases que marcaram a semana

Eu sou o movimento feminista.

ELZA SOARES, ao lançar seu mais recente disco, intitulado 'Deus é Mulher'

Essa gente.

MICHEL TEMER, aludindo ao assédio de tucanos para obter seu apoio eleitoral — e mimetizando o palavreado do ministro Gilmar Mendes, que, no início do mês, empregou a mesma expressão para referir-se aos juízes de primeira instância. Não é preciso esclarecer se Temer e Gilmar usam “essa gente” de modo depreciativo

O Brasil voltou, 20 anos em 2

SLOGAN do governo usado para celebrar os 24 meses de Michel Temer no poder e impresso em convite para uma cerimônia em Brasília. Era uma referência aos “50 anos em 5” de JK, mas não colou. Dada a quase insignificância da vírgula, sumida lá no meio da sentença, a equipe de comunicação de Temer desistiu da ideia, que virou piada na internet. Sem a vírgula, ficaria assim: “O Brasil voltou 20 anos em 2”

Talvez ele possa agregar um valor pelo caráter histórico. É um imóvel que pode ser interessante como investimento (…). A pessoa mais indiferente à política sou eu.

FERNANDO COSTA GONTIJO, empresário de Brasília, que arrematou o tríplex de Lula no Guarujá — aquele — por 2,2 milhões de reais

Não estamos lidando com suíços.

DORI GOREN, cônsul de Israel em São Paulo, ao explicar por que é preciso ficar sempre atento aos moradores da Faixa de Gaza, estabelecendo uma esquisita distinção entre os seres humanos que habitam a fronteira israelense e os helvéticos

Quando eu leio isso, penso em mim, porque sou bispo e devo me despedir.

PAPA FRANCISCO, numa homilia no Vaticano, fazendo comentário indireto, mas surpreendente, sobre o fim de seu pontificado. Ele se referia ao trecho da Bíblia no qual o apóstolo Paulo se despede dos anciãos em Éfeso para ir a Jerusalém

 (João Miguel Junior/Estadão Conteúdo)

Não posso sempre só falar sobre racismo.

LÁZARO RAMOS, ao lançar um livro infantil cujo personagem é sua filha, Maria, de 3 anos

Num país com a desigualdade do Brasil, temos uma parte da população com condições econômicas bastante favoráveis que não deveria usar o SUS. Deveria deixá-lo para quem não tem alternativa.

DRAUZIO VARELLA, em entrevista ao site da BBC Brasil

Publicado em VEJA de 23 de maio de 2018, edição nº 2583

Este conteúdo é exclusivo para assinantes do site. Assine agora e tenha acesso ilimitado.

Conheça os planos de assinaturaOU

Já é assinante? Faça o login