Clique e assine com 88% de desconto

Veja Essa

As frases que marcaram a semana

Por Rinaldo Gama - 20 abr 2018, 06h00

Lula não foi levado à cadeia pelas coisas boas que fez durante seu governo, mas pelas más.

MARIO VARGAS LLOSA, prêmio Nobel de Literatura, em seu artigo publicado no Brasil em 'O Estado de S.Paulo'

A democracia não está em risco no Brasil.

SERGIO MORO, ao participar de um painel sobre o combate à corrupção na Faculdade de Direito da Universidade Harvard, nos Estados Unidos

Não posso deixar que Roraima vire um campo de concentração.

SUELY CAMPOS, governadora do estado, que quer fechar a fronteira com a Venezuela para conter o crescente fluxo de imigrantes

Decidi me recolher. Chorei, fui abraçada e pensei muito.

MARÍLIA CASTRO NEVES, desembargadora de mensagens vitriólicas, na carta em que pede perdão, de uma tacada só, a três alvos de posts: uma professora com síndrome de Down (“o que será que ela ensina a quem?”), a vereadora assassinada Marielle Franco (“estava engajada com bandidos”) e o deputado Jean Wyllys (a quem recomendou um “paredão profilático”)

Não acredito que Trump esteja medicamentosamente incapacitado para ser presidente. Eu acredito que ele está moralmente incapacitado para ser presidente.

JAMES COMEY, ex-diretor do FBI, demitido no ano passado por Trump em meio à investigação sobre um possível acordo da campanha do republicano com a Rússia

Espero não ter de ver a Copa do Mundo na TV.

Neymar, no evento do lançamento da campanha publicitária de uma empresa fabricante de televisores da qual ele é garoto-propaganda, brincando com a própria contusão, uma fratura no dedinho do pé direito. Ele fará um exame decisivo em 17 de maio. O Brasil estreia na Copa em 17 de junho, contra a Suíça

Com todo o respeito, eu nunca me confundo.

Nikki Haley, embaixadora dos Estados Unidos na ONU, que anunciou sanções à Rússia e foi desmentida pela Casa Branca sob o argumento de que estava “fazendo confusão”. Depois o governo admitiu que havia mudado de posição e deixado de informá-la

Ela vai ter de viver situações de um tédio inimaginável.

GERMAINE GREER, feminista histórica, prevendo que Meghan Markle, a noiva do príncipe Harry, não aguentará a vida na corte britânica e vai acabar “dando o fora”

Nós todos somos chamados de racistas agora, e essa palavra, na verdade, perdeu o significado. (…) Sobre o racismo, a esquerda ridícula esquece que Hitler era de esquerda.

MORRISSEY, ex-vocalista da banda Smiths, esmerando-se em empilhar uma bobagem em cima da outra, em seu site, o Morrissey Central

Estropiei meu joelho. Logo agora, entro aqui parecendo ter 80 anos.

JÔ SOARES, 80 anos, ao precisar de ajuda para chegar ao sofá em que foi entrevistado no 'Programa do Porchat'

Publicado em VEJA de 25 de abril de 2018, edição nº 2579

Publicidade