Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Leitores: Irmã Dulce, petróleo no Nordeste e as novas escolas

As mensagens enviadas na última semana

Assuntos mais comentados

  • Irmã Dulce
  • Petróleo no Nordeste
  • As novas escolas
  • A reapresentação da novela Avenida Brasil
  • Bailarina Ingrid Silva (Gente)

CANONIZAÇÃO DE IRMÃ DULCE

Uma pessoa que construiu um hospital para desamparados a partir de um galinheiro não precisava provar nada. Era uma santa em vida. Viva Irmã Dulce da Bahia (“Menos fiéis, mais santos”, 16 de outubro)!
Hele Aires
São Paulo, SP (via Instagram)

A Igreja não perde fiéis — quem perde são as pessoas que saem da Igreja.
Analice Souza Oliveira
Recife, PE (via Instagram)

Acho que santificar uma pessoa é desnecessário. Mas amo esse papa. Torci o nariz para ele, no início, mas sou obrigada a confessar que Jorge Mario Bergoglio é espetacular. Gosto de sua postura, da forma como ele se comunica, da admirável liderança que exerce.
Adriana Resende
São Paulo, SP (via Instagram)

Eu, como católica, falo com propriedade: acredito fielmente em milagres e sou fruto de um deles. Na minha opinião, a canonização tem de ser mais rápida ainda, para que a geração que teve seu apelo atendido veja o resultado.
Tiana Donadeli
São Joaquim da Barra, SP

Como a Igreja Católica quer arrebanhar os fiéis que ela mesma expul­sou? Em todo o Brasil vemos igrejas fechadas. Na hora do almoço é comum encontrar fiéis que foram postos para fora das igrejas, não importando se estão em oração ou não. Enquanto isso, os evangélicos abrem suas portas a qualquer hora do dia ou da noite e vendem suas indulgências e a fé como se fossem um maná dos céus. Mas nada que a própria Igreja Católica nunca tenha feito.
Gervásio Brito
Barra do Mendes, BA


EDUCAÇÃO

As novas escolas querem ensinar tudo, só não o básico — ler, escrever, interpretação de textos, alguns cálculos fundamentais e a regra de três. Por isso a educação brasileira está entre as piores do mundo (“A revolução da sala de aula”, 16 de outubro).
Willian Guilherme
São Paulo, SP (via Instagram)


DO RIO A NOVA YORK – Ingrid Silva, 11 anos: carreira rapidíssima e precoce na Dance Theatre of Harlem

DO RIO A NOVA YORK – Ingrid Silva, 11 anos: carreira rapidíssima e precoce na Dance Theatre of Harlem (Erica Garrido/.)

“Talentos temos em todos os lugares. O que tem de aumentar são as oportunidades e o apoio financeiro aos mais carentes.” (“A leveza da superação”, Gente, 16 de outubro)

Ana Valadares - Rio de Janeiro, RJ (via Facebook)

FONES SEM FIO

Queria um aparelho que desligasse minha audição, um fone de ouvido que silenciasse tudo ao redor, para não ter de ouvir as estultices que dizem ao meu lado (“Ao pé do ouvido”, 16 de outubro).
Cibele Lima
São Paulo, SP (via Facebook)


AVENIDA BRASIL

A novela Avenida Brasil, de 2012, foi realmente um marco na televisão brasileira ao inaugurar um modelo de fluidez na narrativa (“Quatro razões do sucesso duradouro de Avenida Brasil na memória do público”, A Lista, 16 de outubro). O que mais chamou atenção foi a rapidez dos acontecimentos na trama. Tendo sido a primeira com esse recurso, com ótima história e excelentes atores, era natural que parasse o país em seu último capítulo.
Mônica Delfraro David
Campinas, SP


DESEMPREGO

Sou presidente da Força Sindical e do Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo e Mogi das Cruzes e acabei de ler em uma nota da coluna Radar (“De bem com os gringos…”, 16 de outubro) que o ministro da Justiça, Sergio Moro, “decidiu criar um grupo com integrantes do governo e de centrais sindicais para simplificar a concessão de vistos e atrair ‘mão de obra qualificada’ do exterior” para o Brasil. Até agora não recebemos nenhum convite para participar desse grupo, mas desde já fica registrado aqui nosso repúdio a essa proposta sem pé nem cabeça. Temos no país mais de 13 milhões de desempregados e outros milhões subutilizados e em situação de desalento, desanimados, com baixa autoestima e até adoecidos. Em vez de querer ficar “de bem com os gringos”, o governo deveria agir com seriedade para resolver nosso grande problema social: o desemprego.
Miguel Eduardo Torres
São Paulo, SP


VAZAMENTO DE PETRÓLEO

Não basta mitigar os efeitos danosos que esses vazamentos de petróleo cru vêm causando às praias da Região Nordeste. É preciso descobrir e punir severamente os autores desse descalabro ambiental. Dizer que há “no radar um país que pode ser o da origem do petróleo” não resolve o problema. É necessário agir com pragmatismo, descobrir e punir os culpados (“O petróleo que veio do mar”, Imagem da Semana, 16 de outubro).
Marcos Santana
Goiânia, GO


CORINGA

Coringa é um filme que exalta o anti-­herói, aquilo que é errado (“Maestro do caos”, 6 de outubro). Ser o Coringa não é o ideal de vida de ninguém. Por isso a extrema esquerda está adorando: para ela, o Coringa é um “revolucionário”.
Jones Carvalho
São Paulo, SP (via Instagram)


SAÚDE

Certamente há limite para o treinamento e ultrapassá-lo é perigoso (“Malhação tem limite”, 29 de setembro). Três observações: (1) o caso da maratonista em 1984 foi de exaustão aguda, provavelmente causada por desidratação e hiperamonemia (descoordenação motora visível); (2) overreaching e overtraining, dos quais tratam o estudo original, são condições crônicas e graves para o atleta; e (3) o protocolo do estudo, de aumentar abruptamente a duração do treinamento em 40%, não deve ser praticado por nenhum treinador ou atleta, pois o risco de causar overtraining em poucas semanas é alto.
Jair Rodrigues Garcia Júnior
Presidente Prudente, SP

Publicado em VEJA de 23 de outubro de 2019, edição nº 2657

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. LUIZ TOSATTO

    Por quê agora essa pesquisa sobre Lula na eleição de 2022. Trata-se de um corrupto preso, julgado e condenado. Qual o objetivo disso?

    Curtir