Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Papa Francisco elege primeira mulher para cargo no Sínodo dos Bispos

Freira francesa Nathalie Becquart vai atuar como subsecretária da instituição

Por Redação 6 fev 2021, 16h25

O papa Francisco fez história ao eleger, pela primeira vez, uma mulher para ocupar o cargo de subsecretária do Sínodo dos Bispos. Trata-se da freira francesa Nathalie Becquart, que já atuava na instituição como consultora da Secretaria-Geral desde 2019. Nathalie será acompanhada no cargo pelo padre espanhol da Ordem de Santo Agostinho Luis Marín de San Martín.

A movimentação demonstra uma abertura do Vaticano para uma maior participação das mulheres em cargos de liderança, uma demanda interna que vem crescendo na Igreja Católica. Elas também pedem que lhes seja concedido o direito de voto nas assembleias de bispos promovidas pelo Sínodo – direito que, agora, Nathalie poderá exercer.

Mario Grech, secretário-geral do Sínodo dos Bispos, afirmou que o número de mulheres que atuam como peritas e auditoras nos sínodos tem aumentado. “A nomeação da irmã Nathalie Becquart abriu uma porta”, disse.

Instituído pelo papa Paulo VI, em 1965, o Sínodo dos Bispos leva para dentro da fé católica temas relevantes mundiais, criando uma unidade através de reuniões entre os representantes eclesiásticos e o papa, que votam por soluções consideradas universais. Em 2019, por exemplo, o tema da reunião foi a Amazônia e os caminhos da Igreja para o maior cuidado com a ecologia.

(Com Agência Brasil)

Continua após a publicidade
Publicidade