Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Veja Essa: Zeca Pagodinho, Ciro Gomes e FHC

As frases que marcaram a semana

Por Lizia Bydlowski
Atualizado em 4 jun 2024, 13h01 - Publicado em 27 ago 2021, 06h00
ZECA PAGODINHO -
ZECA PAGODINHO – (@zecapagodinhooficial/Facebook)

“Cheio de álcool, mas álcool só na mão.”
ZECA PAGODINHO, em isolamento total, depois de ter contraído Covid-19, sincero como nunca. Mas ele já prometeu: “Eu vou me vingar quando isso passar”

“Eu não ia deixar o Lula na mão, ponto.”
FERNANDO HADDAD, candidato a presidente em 2018, explicando por que decidiu aguardar até o fim a decisão judicial em torno de Lula, que estava preso em Curitiba, antes de definir seu nome como cabeça de chapa do PT

“Aos puxa-sacos eu entendo, só não os respeito. Tudo o que o Haddad tem na vida política deve a Lula. Já eu, a ele não devo nada. Por isso sou livre para criticá-lo. Haddad, não!”
CIRO GOMES, candidato à Presidência em 2022

“No momento, eu penso que a (reeleição) de Lula é menos traumática para o Brasil, de forma direta. Isso não quer dizer que eu não queira uma via pelo PSDB. Claro que eu desejo. Mas uma coisa é você desejar e trabalhar nesse sentido, e outra coisa é analisar a realidade. Assim, por ora, entre Lula e Bolsonaro, acredito que o Lula seja melhor.”
FERNANDO HENRIQUE CARDOSO, tentando encontrar alguma saída para o Brasil, seja pela terceira via ou não

“O ser humano quer ser livre. Quem quer ser sufocado que se sufoque. Reprima seu filho, bote ele de azul, a filha, de rosa… Mas não venha impor isso como regra a um país.”
MARIETA SEVERO, atriz de 74 anos, que grava no momento a nova novela das 9, Um Lugar ao Sol, na Globo

Continua após a publicidade

“Infelizmente deu no que deu.”
ALEXANDRE KALIL, prefeito de Belo Horizonte, ao admitir o fracasso dos protocolos de saúde ao autorizar público no Mineirão, na semana passada, nas partidas de Atlético x River e Cruzeiro x Confiança

“Eu, pessoalmente, nunca vi tanta gente com Covid-19 no meu entorno.”
EDUARDO PAES, prefeito do Rio, epicentro no Brasil do contágio pela variante delta do vírus (leia na pág. 58)

“Nós não queremos o inclusivismo.”
MILTON RIBEIRO, ministro da Educação, insistindo em sua absurda tese de que crianças com deficiência fiquem em classes especiais nas escolas

“O Brasil é um país careta e hipócrita.”
CAMILA QUEIROZ, atriz, que mesmo assim admira “a chama de esperança” mantida pelos brasileiros

“Não é descaso, é projeto de destruição.”
DRICA MORAIS, atriz, criticando a situação da área cultural

Continua após a publicidade

“É como se o Burger King dissesse que não vai mais vender hambúrguer.”
KENNETH PABON, usuário do OnlyFans, inconformado com a decisão do site para adultos de, por pressão de anunciantes, proibir vídeos pornográficos

“É um desafio, nas áreas mais povoadas, sair e abrir as pernas estando cercado de gente.”
CHRIS HIPKINS, ministro do combate à Covid-19 na Nova Zelândia, tropeçando nas palavras ao mencionar um dos protocolos de segurança: manter os pés bem afastados para manter o distanciamento

BEYONCÉ
BEYONCÉ – (Tiffany & Co./.)

“O amor é o diamante que as joias e a arte decoram.”
A cantora BEYONCÉ, que fez história ao lado do marido, o rapper Jay-Z, ao ser a primeira mulher negra a usar o diamante de 128 quilates da Tiffany & Co. encontrado na África do Sul em 1877. Foi a primeira vez que a peça apareceu numa campanha publicitária

Publicado em VEJA de 1 de setembro de 2021, edição nº 2753

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.