Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês

Sergio Moro irá assinar dois acordos de cooperação com os EUA

Em visita a Washington, ministro afirmou que um dos pactos é de troca de informações entre o FBI e a Polícia Federal

Por Julia Braun, de Washington, D.C. Atualizado em 18 mar 2019, 04h20 - Publicado em 18 mar 2019, 02h48

O ministro da Justiça, Sergio Moro, afirmou neste domingo 17 que pretende fechar dois acordos de cooperação com os Estados Unidos durante sua viagem a Washington, D.C. nesta semana.

Segundo Moro, um dos pactos a serem firmados é de troca de informações entre o FBI e a Polícia Federal.

O ministro acompanha Jair Bolsonaro na visita aos Estados Unidos. O presidente do Brasil tem encontro marcado com Donald Trump na próxima terça-feira, 19.

“São acordos abstratos, normalmente eles envolvem assuntos de cooperação em geral, troca de informação entre FBI e Polícia Federal e outras questões na mesma linha”, afirmou Moro a jornalistas no hotel em que está hospedado na capital americana.

“Fora isso existe essa ideia de plantar uma relação mais sólida para o futuro”.

“O governo assumiu há pouco tempo. É uma pauta ainda a ser construída com outros governos. Mas não poderia perder a oportunidade de conversar, vir nessa visita com o presidente e ter oportunidade de encontrar essas autoridades americanas de elevado escalão”, disse ainda.

O ministro também foi questionado sobre a apreensão de 117 armas modelo M-16 na casa de Alexandre Motta Souza, amigo do policial militar reformado Ronnie Lessa, apontado pela Polícia Civil do Rio de Janeiro e Ministério Público Estadual como um dos responsáveis pelo assassinato da vereadora Marielle Franco e de seu motorista Anderson Gomes em março de 2018.

“Esta investigação se encontra com o Ministério Público estadual e com a Polícia Civil e precisa ser investigada a fundo”, respondeu. “Existe uma investigação paralela da Polícia Federal sobre eventual obstrução da investigação de assassinato”, completou.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)