Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

O esquema de segurança para o ato público de Lula no Rio de Janeiro

Apesar de ser na rua, quem quiser ficar mais perto do palco da Cinelândia passará por detector de metais

Por Caio Sartori
Atualizado em 6 jul 2022, 12h24 - Publicado em 6 jul 2022, 12h19

Com os temores de violência política no período eleitoral deste ano, a campanha de Lula (PT) preparou uma série de normas de segurança para os eventos do ex-presidente. No Rio de Janeiro, onde ele cumpre agendas nesta semana, o ato de quinta-feira às 18h na Cinelândia, Centro da cidade, já conta com algumas delas. 

Apesar de ser em local público, os apoiadores que quiserem ficar mais próximos ao palco precisarão passar por um detector de metais. Alimentos, garrafas, embalagens plásticas ou de alumínio, vidro e objetos perfurantes serão vetados. Para erguer as tradicionais bandeiras que tremulam em comícios, estão proibidas hastes de madeira; são permitidas apenas as de tubo de PVC. 

LEIA MAIS: Intrigas e traições esquentam o cenário que Lula vai encontrar no Rio

Lula chega ao Rio no auge dos impasses envolvendo a aliança em torno de Marcelo Freixo (PSB) para o governo estadual,  especialmente a indicação do nome para o Senado – o do PT, que tem recebido o aval de Lula e Freixo, é André Ceciliano, mas o pessebista Alessandro Molon se recusa a desistir da candidatura. Os dois devem estar no palanque desta quinta, com chances enormes de climão. 

Nesta quarta, o presidenciável conversa com reitores de universidades e se encontra com representantes das escolas de samba. Na quinta, antes do ato da Cinelândia, reúne-se com lideranças comunitárias.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.