Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

O climão no fim da CPMI do 8 de Janeiro

A cúpula da comissão protagonizou uma série de divergências ao longo dos mais de quatro meses de trabalhos – e não deve ser diferente no desfecho

Por Marcela Mattos Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO 15 out 2023, 13h41

Ao longo dos mais de quatro meses da CPMI do 8 de Janeiro, o presidente Arthur Maia (União-BA) e a relatora Eliziane Gama (PSD-MA) protagonizaram uma série de divergências sobre a condução dos trabalhos e acusações mútuas de blindagens e perseguições a determinado grupo. Com previsão de ser encerrada na próxima semana, a comissão deve ter um desfecho com mais um climão na tribuna.

No entorno de Maia, não há dúvidas de que a senadora vai priorizar os pedidos de indiciamento de aliados do ex-presidente Jair Bolsonaro e de opositores ao governo Lula. “Quem vai fazer o relatório é o Flávio Dino”, afirma um parlamentar próximo ao presidente da comissão. Eliziane Gama é aliada e conterrânea do ministro da Justiça.

Na última semana, a relatora recebeu uma série de sugestões para serem incorporadas ao parecer. Uma dessas listas, a que VEJA teve acesso, pede o indiciamento de figuras como Frederick Wassef, advogado do ex-presidente, e Valdemar Costa Neto, presidente do PL. O relatório, porém, só será conhecido na próxima terça-feira, 17, e a senadora promete um parecer isento.

Na dúvida, Maia já separou uma hora da comissão para que a oposição, em minoria no colegiado, apresente um relatório “paralelo” e contrário ao da relatoria. A chance de ele ser aprovado é zero, mas o palco para o barulho está garantido.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.