Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

CNT/MDA: Lula cai, mas ainda lidera, e Bolsonaro cresce

Este é o primeiro levantamento do instituto após a condenação do petista pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva lidera a pesquisa CNT/MDA, divulgada nesta terça-feira (6), com 18,8% das intenções de voto espontânea. Este é o primeiro levantamento divulgado pela Confederação Nacional de Transportes (CNT) após a condenação do petista pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região. Em setembro, Lula tinha 20,2% da preferência dos eleitores na pesquisa espontânea

Em segundo lugar vem o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ), com 12,3% — em setembro ele tinha 10,9. O ex-governador do Ceará Ciro Gomes tem 1,7% das intenções de voto, seguido por Geraldo Alckmin (1,4%), Marina Silva (1,2%) e Michel Temer (0,4%).

Na pesquisa estimulada, na qual os entrevistados devem escolher os candidatos apresentados, Lula lidera no único cenário em que foi colocado, com 34%. Jair Bolsonaro vem em segundo, com 16,8%. Completam a lista Marina Silva (7,8%), Geraldo Alckmin (6,4%), Ciro Gomes (4,3%), Álvaro Dias (3,3%), Fernando Collor (1,2%), Michel Temer (0,9%), Manuela D´Ávila (0,7%), Rodrigo Maia (0,6%). Brancos e nulos somam 18% e indecisos, 6,4%. Sem Lula, Bolsonaro lidera todos os outros cenários, seguido por Marina Silva.

Lula também venceria as eleições em todos os cenários de segundo turno em que ele aparece como candidato. No embate entre Jair Bolsonaro e Marina Silva, o deputado federal venceria a pré-candidata da Rede.

A pesquisa ouviu, entre os dias 28 de fevereiro e 3 de março, 2.002 pessoas, em 137 municípios de 25 unidades da federação, nas cinco regiões do país. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais com 95% de nível de confiança.

Veja os resultados da pesquisa CNT/MDA:

1º turno (espontânea)
Lula: 18,6%
Jair Bolsonaro: 12,3%
Ciro Gomes: 1,7%
Geraldo Alckmin: 1,4%
Álvaro Dias: 1,2%
Marina Silva: 1,2%
Michel Temer: 0,4%
Outros: 3,1%
Branco/Nulo: 20,4%
Indecisos: 39,7%

1º turno (estimulada)
Cenário 1: Lula 33,4%, Jair Bolsonaro 16,8%, Marina Silva 7,8%, Geraldo Alckmin 6,4%, Ciro Gomes 4,3%, Álvaro Dias 3,3%, Fernando Collor 1,2%, Michel Temer 0,9%, Manuela D´Ávila 0,7%, Rodrigo Maia 0,6%, Branco/Nulo 18,2%, Indecisos 6,4%.

Cenário 2: Jair Bolsonaro 20,0%, Marina Silva 12,8%, Geraldo Alckmin 8,6%, Ciro Gomes 8,1%, Álvaro Dias 4,0%, Fernando Haddad 2,3%, Fernando Collor 2,1%,  Manuela D´Ávila 1,3%,  Michel Temer 1,3%, Rodrigo Maia 0,8%, Branco/Nulo 28,2%, Indecisos 10,5%.

Cenário 3: Jair Bolsonaro 20,2%, Marina Silva 13,4%, Geraldo Alckmin 8,7%, Ciro Gomes 8,1%, Álvaro Dias 4,1%, Fernando Haddad 2,4%, Fernando Collor 2,2%,  Manuela D´Ávila 1,4%,  Rodrigo Maia 1,0%, Branco/Nulo 28,4%, Indecisos 10,1%.

Cenário 4: Jair Bolsonaro 20,9%, Marina Silva 13,9%, Ciro Gomes 9,0%, Álvaro Dias 4,7%, Fernando Haddad 2,9%, Fernando Collor 2,1%, Manuela D´Ávila 1,7%, Rodrigo Maia 1,4%, Michel Temer 1,3%, Branco/Nulo 30,5%, Indecisos 11,6%.

2º turno (estimulada)
Cenário 1: Lula 44,5%, Geraldo Alckmin 22,5%, Branco/Nulo: 28,5%, Indecisos: 4,5%.

Cenário 2: Lula 44,1%, Jair Bolsonaro 25,8%, Branco/Nulo: 26,0%,  Indecisos: 4,1%.

Cenário 3: Jair Bolsonaro 26,7%, Geraldo Alckmin 24,3%, Branco/Nulo: 41,6%, Indecisos: 7,4%.

Cenário 4: Lula 43,8%, Marina Silva 20,3%, Branco/Nulo: 31,8%, Indecisos: 4,1%.

Cenário 5: Marina Silva 26,3%, Geraldo Alckmin 24,6%, Branco/Nulo: 42,5%, Indecisos: 6,6%.

Cenário 6: Jair Bolsonaro 27,7%, Marina Silva 26,6%, Branco/Nulo: 39,0%, Indecisos: 6,7%.

Cenário 7: Geraldo Alckmin 36,6%, Michel Temer 3,8%, Branco/Nulo: 52,0%, Indecisos: 7,6%.

Cenário 8: Jair Bolsonaro 36,0%, Michel Temer 5,7%, Branco/Nulo: 50,2%, Indecisos: 8,1%.

Cenário 9: Lula 47,5%, Michel Temer 6,8%, Branco/Nulo: 40,7%, Indecisos: 5,0%.

Cenário 10: Marina Silva 36,8%, Michel Temer 5,3%, Branco/Nulo: 51,1%, Indecisos: 6,8%.

Cenário 11: Geraldo Alckmin 32,2%, Rodrigo Maia 6,5%, Branco/Nulo: 52,8%, Indecisos: 8,5%.

Cenário 12: Jair Bolsonaro 32,2%, Rodrigo Maia 9,4%, Branco/Nulo: 49,6%, Indecisos: 8,8%.

Cenário 13: Lula 46,7%, Rodrigo Maia 9,8%, Branco/Nulo: 38,4%, Indecisos: 5,1%.

Cenário 14: Marina Silva 34,5%, Rodrigo Maia 7,3%, Branco/Nulo: 51,0%, Indecisos: 7,2%

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Ivan KSK Grossa

    Com voto impresso Bolsonaro leva no primeiro turno!!!!!!!!!!

    Curtir

  2. Não dá para acreditar que ainda existam infelizes que votam num pilantra desses. Lula é bandido.

    Curtir

  3. Bruno Vieira

    Pesquisa forjada!!! Pesquisem na internet ‘enquete eleições 2018’ e saberão qual é a verdadeira pesquisa de opinião. Lula não ganha nem pra sindico de condomínio!

    Curtir

  4. Claudio dos Santos

    Nao entendo porque o presidente Michel Temer sempre aparece por ultimo nas pesquisas, e o Lula sendo o chefe da quadrilha aparece por primeiro e o Bolsanaro um militar mau disciplinado.
    Michel Temer fez tanto pelo Brasil, fez reformas que nem FHC conseguiu, tirou o brasil duma recessao a maio em muitos anos pra u, crescimento de 1%5 o ano passado e uma previsao de crescimento este ano que beira o 4%, só não conseguiu fazer a reforma da previdência porque tem um judiciario de esquerda cheio de regalias com os melhores salários do Brasil e não querem abrir mão disso, ai fazem de tudo pra atrapalhar o melhor presidente do BRASIL
    Força presidente Temer, não desiste não.
    estamos com o senhor neste sonho de tornar um Brasil mas justo

    Curtir

  5. sinesio gimene

    estao de brincadeira que o lula esta na frente eta povinho burro mesmo!!!!!!!

    Curtir

  6. Sigmma Seven

    Ciro Gomes venceria Bolsonaro no segundo turno, mas a pesquisa quis esconder a verdade e colocou foi o Temer e Maia na simulação.

    Curtir

  7. Daniel Cardoso

    2018 lulla para presidente… Bernardes!!!

    Curtir

  8. Ana Carla Santos

    Falto o João Amoedo na lista dos presidenciáveis. Colocam o Lula que nem vai poder ser candidato e deixam de lado outros que já são pré-candidatos…

    Curtir

  9. Sem partido, sem tempo de TV, sem prefeituras, sem governos estaduais, sem fundo partidário, sem a mídia, mas estamos com ele! Vamos mudar nossa história! 😎 Chega de mentiras, manipulações da mídia, corrupção e criminalidade com PT, PMDB, PP, PSDB, DEM e companhia. Está na hora de endireitar o nosso Brasil!

    Curtir