Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

‘É preciso respeitar a vocação das pessoas’, diz França sobre Barbosa

Segundo governador, sondagens feitas pelo partido indicavam que ele começava a ultrapassar Bolsonaro; tendência do PSB, agora, é a de não ter candidato

Por Guilherme Venaglia Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 4 jun 2024, 17h27 - Publicado em 8 Maio 2018, 11h09

O governador de São Paulo, Márcio França (PSB), considerou a decisão de “um homem sábio” o anúncio de Joaquim Barbosa, filiado ao PSB, de que ele não será candidato à Presidência da República.

“Ele já vinha dando sinais, não sentia nele a disposição de viver a atividade política nas vezes em que estivemos juntos. É preciso respeitar a vocação das pessoas e o tempo de cada um. Ele foi um homem sábio de entender que não era o momento, é necessária uma vivência eleitoral e política antes de almejar um cargo como a Presidência da República”, afirmou a VEJA.

De acordo com o governador, sondagens internas feitas pelo partido indicavam que ele começava a superar o deputado Jair Bolsonaro (PSL), líder nos cenários sem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), na preferência dos eleitores. Na última pesquisa do instituto Datafolha, o ex-presidente do STF aparecia com cerca de 10% das intenções de voto nos cenários sem Lula, atrás apenas de Bolsonaro e da ex-senadora Marina Silva (Rede).

Na visão de Márcio França, com a desistência de Joaquim, os socialistas ficam “sem uma candidatura óbvia” e vão ter que reiniciar as conversas sobre o futuro da legenda nas eleições de 2018.

Continua após a publicidade

“A candidatura do ministro Joaquim, um nome forte e respeitado, era honrosa para o PSB. Agora, acredito que a tendência é não ter candidato, o que é sempre mais fácil, mas ainda vamos discutir esse assunto”, afirmou. Internamente, Márcio França e os diretórios do PSB em São Paulo, Santa Catarina e Paraná defendem que a legenda apoie a pré-candidatura do ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB), de quem ele herdou o comando do Palácio dos Bandeirantes.

Por outro lado, os diretórios socialistas na região nordeste, sobretudo em Pernambuco, resistem e flertam com alternativas mais à esquerda, como uma composição com o PT ou com o ex-ministro Ciro Gomes (PDT).

Continua após a publicidade

A expectativa é a de que o PSB possa mesmo acabar neutro para evitar acentuar as divergências no partido. “Eu farei sempre essa defesa [da aliança com Alckmin], mas são 600 delegados e ir para o voto é sempre mais difícil, porque o partido acaba ficando dividido de alguma forma”, comentou.

Desde 2014, quando o principal líder socialista, o ex-governador de Pernambuco e então candidato à Presidência Eduardo Campos, faleceu em um acidente aéreo, o partido encontra dificuldades para atuar de forma unida.

Durante a última janela partidária, parlamentares que destoavam do posicionamento mais à esquerda adotado no último ano acabaram migrando para outros partidos. Então líder na Câmara, a deputada Tereza Cristina (MS), por exemplo, se filiou ao DEM.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.