Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Crivella lidera disputa no Rio com 34% das intenções de voto

Pesquisa divulgada nesta quarta tem resultado diferente do levantamento do Datafolha um dia antes

Por Luísa Bustamante Atualizado em 22 out 2020, 18h05 - Publicado em 28 set 2016, 20h40

A quatro dias da eleição, as pesquisas de intenções de voto apresentam resultados diferentes para a prefeitura do Rio. No levantamento do Ibope divulgado nesta quarta-feira (28), Marcelo Crivella aparece na liderança com 34%, seguido por Marcelo Freixo (Psol) e Pedro Paulo Carvalho (PMDB), ambos com 10%. Abaixo, estão Indio da Costa (PSD), com 8%, Jandira Feghali (PC do B) e Flávio Bolsonaro (PSC), com 7%. Em seguida aparecem Carlos Osório (PSDB), com 4%; e Alessandro Molon (Rede) e Carmen Miguelis (Novo), ambos com 1%.

Divulgado um dia antes, o Datafolha mostrou Crivella com 29% das intenções de voto na liderança, cinco pontos percentuais a menos que o levantamento do Ibope. Indio também teve um resultado diferente: com 5% das intenções de voto no Datafolha e 8% no Ibope. Osório tinha 6% no Datafolha e agora, 4% no Ibope; Pedro Paulo oscilou pouco: tinha 11% na pesquisa de ontem e 10%, hoje. Entre os outros candidatos, os resultados são semelhantes.

Encomendada pela TV Globo, a pesquisa ouviu 1.204 eleitores entre segunda-feira e esta quarta. Destes, 14% disseram que votariam branco ou nulo; o índice de indecisos é de 4%. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos.

O Ibope simulou cinco situações de segundo turno. Em todas elas, o senador Marcelo Crivella venceria dos demais com mais de 50% dos votos. Os candidatos que teriam maior chance contra o adversário seriam Freixo e Indio, ambos com 24% das intenções de voto. Em seguida aparece Jandira, com 21%. Bolsonaro e Pedro Paulo teriam 20%, cada.

No quesito rejeição, Jandira cresceu um ponto percentual em relação ao último Ibope e lidera com 38%, seguida por Pedro Paulo (36%), Bolsonaro (27%) e Crivella (26%). Os outros candidatos aparecem com menos de 20%.

O levantamento perguntou ao eleitor o que ele acha da gestão do prefeito Eduardo Paes. Um quarto dos entrevistados avalia a administração do peemedebista como ótima ou boa, enquanto 41% a considera regular e 33% ruim ou péssima.

Continua após a publicidade

Publicidade