Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês

Bolsonaro tem boa recuperação, e viagem a Nova York está mantida

Presidente começa sessões de fisioterapia e já pode se sentar e caminhar; mesmo com Mourão interino, político deve voltar a despachar na terça-feira 10

Por Da redação Atualizado em 9 set 2019, 15h10 - Publicado em 9 set 2019, 14h45

Depois de Jair Bolsonaro (PSL) ser submetido a uma avaliação na manhã desta segunda-feira, 9, a equipe médica que acompanha o presidente informou que ele encontra-se estável, sem dor e sem febre, e com boa evolução clínico-cirúrgica. O boletim diz também que ele começará ainda hoje a fazer sessões de fisioterapia e poderá sentar-se na poltrona e caminhar no corredor. Os médicos liberaram dieta líquida a base de água, gelatina, chá e caldo ralo, mas as visitas seguem restritas.

Em entrevista coletiva, o diretor-médico do Hospital Vila Nova Star, Antônio Antonietto, também disse que o presidente já comeu pelo menos três potes de gelatina, chá e caldo ralo. Ele confirmou que a viagem de Bolsonaro a Nova York, para participar da Assembleia-geral da ONU, está mantida. A conferência das Nações Unidas começa em 24 de setembro.

“O presidente se mostra disposto a realizar os trabalhos de condução da Presidência, ainda que tenhamos o vice-presidente Hamilton Mourão o substituindo”, afirmou o porta-voz da Presidência da República, general Rêgo Barros. O hospital montou, porém, uma ala exclusiva para a equipe de Bolsonaro trabalhar.

O porta-voz acrescentou que o vice Hamilton Mourão segue como interino até a próxima quinta-feira 12. “As ações que são legalmente determinadas pela Presidência estão sob responsabilidade dele”, afirmou Rêgo Barros. No início da manhã desta segunda, Bolsonaro publicou um vídeo no Twitter, em que aparece no leito do hospital assistindo ao seriado Chaves e dizendo que na terça-feira, 10, “deverá voltar ao batente”.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)