Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Bolsonaro escolhe general como porta-voz do governo

Otávio Santana do Rêgo Barros é chefe de Comunicação do Exército desde 2014. Indicação se dá depois de desencontros em declarações de presidente e ministros

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) decidiu nesta segunda-feira, 14, que o porta-voz de seu governo será o general de divisão Otávio Santana do Rêgo Barros, de 58 anos. Chefe do Centro de Comunicação do Exército desde 2014, Rêgo Barros terá como funções no novo cargo fazer pronunciamentos à imprensa e unificar o discurso do governo.

A indicação do general vem depois de duas semanas de informações desencontradas no Palácio do Planalto. Na falta de um porta-voz que alinhasse o discurso, Bolsonaro foi desmentido três vezes por subordinados em seus primeiros dez dias como presidente, sobretudo após declarações sobre economia, tema que ele já admitiu não conhecer em profundidade.

Em um texto que trata das mudanças nas comunicações, publicado no blog do Exército em julho de 2018, Rêgo Barros aborda a velocidade com que as informações se propagam e conclui que “a velocidade é cada vez mais importante também na manutenção da credibilidade e no fortalecimento da imagem das organizações”. Com respostas rápidas, diz ele, evita-se que “uma exposição negativa perdure”. 

Respondendo ou posicionando-se da forma certa – e aí não se trata somente de comunicação –, a resposta deve ter atitude compatível com os valores da Instituição. O erro, que poderia ser uma ameaça, transforma-se em oportunidade para que se reforcem as mensagens e se ganhe ainda mais credibilidade”, escreveu o general, citando uma hipotética situação em que o Exército deveria responder a uma notícia negativa.