Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

André Mendonça toma posse no STF em cerimônia nesta quinta

Novo ministro da Corte assume cadeira cinco meses após indicação; Bolsonaro fez teste de Covid-19 para poder participar do evento

Por Da Redação 16 dez 2021, 07h57

Novo ministro do Supremo Tribunal Federal, André Mendonça toma posse na Corte em cerimônia marcada para as 16h desta quinta-feira, 16. Ele vai ocupar a vaga aberta com a aposentadoria de Marco Aurélio Mello. O evento será realizado no plenário do tribunal.

O presidente Jair Bolsonaro deve marcar presença na cerimônia. O político, porém, precisou fazer um teste de Covid-19 para isso, já que o STF só permite a entrada de pessoas vacinadas ou que apresentem um exame negativo. O presidente diz não ter tomado imunizantes contra o coronavírus.

Pastor presbiteriano, ex-advogado-geral da União e ex-ministro da Justiça do atual do governo, ele foi indicado por Bolsonaro, que havia prometido escolher um nome “terrivelmente evangélico” para a Corte. Mendonça é a segunda indicação do presidente ao STF. Bolsonaro também nomeou Kassio Nunes Marques.

O novo membro do Supremo toma posse cinco meses depois do anúncio de sua nomeação. O atraso se deve à demora do senador Davi Alcolumbre em marcar a sabatina do indicado na Comissão de Constituição e Justiça da Casa. Pressionado, o parlamentar acabou cedendo e Mendonça foi aprovado na CCJ e, posteriormente, no plenário.

Continua após a publicidade

Publicidade