Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Sergio Moro, uma biografia em análise no Planalto

A história do juiz da 13ª Vara Federal de Curitiba que virou símbolo de combate à corrupção e se tornou ministro do governo Bolsonaro

Quando criança, Sergio Moro nem pensava em ser juiz. Segundo sua mãe, ele queria ser escritor. Até escreveu livros, mas todos direcionados ao direito.

Estudioso, se tornou juiz federal com apenas 24 anos. Também se tornou professor de direito e, na faculdade, conheceu e se casou com uma ex-aluna, Rosangela Wolff, com quem tem dois filhos.

Moro foi elevado ao patamar de símbolo nacional da luta contra corrupção graças à sua atuação na 13ª Vara Federal de Curitiba, onde foi o juiz responsável pela Operação Lava Jato. Ganhou popularidade e chegou até a ser cotado como um dos possíveis candidatos à presidência da República nas eleições de 2018.

Prometeu (e cumpriu) que não disputaria a eleição. Mas aceitou o convite de Jair Bolsonaro para ser ministro da Justiça e da Segurança Pública. Por que ele interrompeu uma trajetória de sucesso na magistratura para assumir um posto importante no governo?

Conheça os detalhes de cada etapa da história de Sergio Moro na oitava edição do podcast Funcionário da Semana:

Veja também