Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Jair Bolsonaro e Donald Trump

Thomas Traumann analisa as semelhanças entre os presidentes dos Estados Unidos e do Brasil. E como isso pode atrapalhar o chefe do Planalto

Por Da Redação Atualizado em 3 out 2019, 19h47 - Publicado em 31 jul 2019, 18h01

Nos Estados Unidos, Donald Trump nunca desceu do palanque, vive demonstrando seu racismo contra imigrantes e provocando o governo da China. Jair Bolsonaro parece estar copiando esse mesmo estilo.

Mas existem diferenças relevantes: a primeira é que Trump é do Partido Republicano, que tem base em todo o país, uma bancada na Câmara fiel e maioria no Senado. Já Bolsonaro lidera uma legenda que tem 10% da Câmara, menos de 50 prefeituras e seus integrantes vivem brigando entre si. Ele é minoritário e depende de acordos com outros partidos para conseguir governar.

O segundo ponto é que os Estados Unidos são a maior potência do planeta. Trump pode ameaçar a China e impor sanções ao Irã porque ele pode. É poderoso. O Brasil não cresce desde 2014, tem 1% do comércio global. É um país fraco, que depende de apoios internacionais para conseguir pagar suas contas. Mas o mais grave é a economia. Se os Estados Unidos estão crescendo há 121 meses seguidos e o menor desemprego desde a década de 60, Bolsonaro governa uma economia que vai crescer menos de 1% e 13 milhões de pessoas desempregadas.

A diferença não é de estilo. Mas o cenário de cada país.

jornalista Thomas Traumann analisa a situação neste episódio do podcast Traumann Traduz:

Continua após a publicidade

Publicidade