Clique e assine com até 92% de desconto

Existe Rio de Janeiro sem milícia?

Thomas Traumann analisa dados de pesquisa que confirma o avanço da milícia no tráfico de drogas

Por Thomas Traumann Atualizado em 19 out 2020, 18h17 - Publicado em 19 out 2020, 17h34

Uma pesquisa de institutos que acompanham na lupa a violência no Rio de Janeiro revelou as milícias já ocupam quase 60% da cidade, estão se aliando ao tráfico em algumas áreas e expandido para se tornar um comando único. O estudo “Mapa dos Grupos Armados do Rio de Janeiro” é o mais completo e aterrorizante raio-x da criminalidade no Rio.

A milícia avança no Rio porque tem uma vantagem gigantesca sobre o tráfico, a conivência ou cumplicidade da polícia.

Por isso, durante essa campanha eleitoral, se você mora no Rio, a principal pergunta que um candidato a prefeito precisa responder é “O que você pretende fazer para combater o tráfico e a milícia no Rio?”. E não adianta o candidato responder que não é problema, que segurança é questão do Estado.

Entenda neste episódio do podcast Traumann Traduz

Publicidade