Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Presidente prodígio: Steven Zhang, o chinês que tirou a Inter da fila

Aos 29 anos, herdeiro do grupo Suning concilia paixão por carros e moda com gestão do clube 'nerazzurro', campeão depois de 11 anos

Por Guilherme Azevedo Atualizado em 3 Maio 2021, 19h10 - Publicado em 3 Maio 2021, 18h15

O lado azul de Milão está em festa. No último domingo, 2, a Inter comemorou o título antecipado do Campeonato Italiano, mesmo sem entrar em campo, graças a um tropeço da Atalanta. Assim, a tradicional equipe conquistou o 19º título italiano de sua história, encerrando um jejum de 11 anos (sendo nove de domínio da rival Juventus). Os atacantes Romelu Lukaku e Lautaro Martínez e o técnico Antonio Conte foram os protagonistas da façanha, mas um rosto menos familiar também chamou a atenção, nos bastidores: o do chinês Steven Zhang, de 29 anos, o mais jovem presidente a vencer o scudetto. 

Clique aqui e assine PLACAR com preço especial, a partir de 8,90 reais por mês!

Herdeiro do grupo Suning (gigante varejista chinês e dono da maior parte das ações da Inter), Steven Zhang assumiu a gestão do clube em 2018, quando tinha apenas 27 anos. Formado em economia pela Universidade da Pensilvânia, Zhang, logo que assumiu, o filho do bilionário Zhang Jindong buscou resgatar os tempos de glória do clube, sempre com toques de modernidade. Além de contratações de peso, o grupo chinês investiu pesado no marketing e melhores estruturas, e já começa a colher os frutos.

Na contramão do que ocorre especialmente no Reino Unido, onde grupos de torcedores de gigantes como Manchester United, Arsenal, Liverpool e Chelsea vêm protestando contra seus donos estrangeiros, especialmente após a fracassada tentativa de criar uma Superliga, Zhang vem conseguindo deixar as críticas para trás e atrair a simpatia dos interistas, com o que o todo torcedor mais gosta: vitórias e troféus. “É emocionante e um momento especial para todos os envolvidos neste projeto e que estiveram conosco nesta jornada. Obrigado em primeiro lugar aos torcedores”, discursou o presidente, após a conquista. 

O presidente da Internazionale, Steven Zhang -
O presidente da Internazionale, Steven Zhang – Claudio Villa/Inter/Getty Images

Jovem e milionário, Steven Zhang divide as obrigações no clube com uma vida pessoal agitada, devidamente acompanhada pelos paparazzi italianos. Apaixonado por velocidade, o presidente não mede seus gastos em carros. Inclusive, em alguns momentos, junta a paixão pela Inter com seus automóveis: chegou a pintar com as cores da Inter seu Pagani Huayra, carro esportivo avaliado em mais de 2 milhões de euros.

Porém, nem só de carros e futebol vive Zhang.  A moda também é parte importante de seu cotidiano. Sempre bem trajado e apreciador das famosas alfaiatarias, o jovem chinês costuma frequentar desfiles e tem preferência por grifes locais, como Armani, Gucci. Como a maioria das pessoas de sua idade, o chinês é adepto de uma boa selfie e costuma registrar sua rotina de luxo nas redes sociais.

Continua após a publicidade

View this post on Instagram

A post shared by Steven Zhang (@stevenzhang91)

  • Zhang também busca inovação nos negócios. Recentemente, a Inter de Milão anunciou uma mudança no escudo e identidade visual do clube, repetindo estratégia controversa de outros gigantes europeus, visando tendências mundiais e divulgação da marca ao redor do mundo. “Nosso objetivo é espalhar energia positiva, esperança, inclusão e ideias inovadoras”, afirmou o chinês, em comunicado para celebrar o título.

    Também estão nos planos do clube a reforma e revitalização do lendário estádio San Siro, em parceria com o rival Milan e com a prefeitura de Milão, proprietária do campo, além de novas contratações de peso para os próximos anos. Para isso, Zhang retrornou à Itália na semana passada com um acordo fechado de empréstimo de 250 milhões de euros (1,6 bilhão de reais pela cotação atual, junto ao fundo Bain Capital, de acordo com informações do diário La Gazzetta dello Sport. 

    O mais importante para Zhang é que o sucesso nas finanças vem se traduzindo em vitórias. Na temporada 2019-20, os nerazzuri ficaram com o segundo lugar da Liga Europa e da Serie A e, neste ano, enfim, conseguiram quebrar a hegemonia da Juventus em solo italiano. Com um presidente tão jovem e forte investimento asiático, o torcedor da Inter tem motivos para sonhar com um futuro interessante.

    Continua após a publicidade
    Publicidade