Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Torre Eiffel terá vidro blindado contra ameaça terrorista

França tenta blindar Torre Eiffel com novas medidas contra atentados terroristas

A Torre Eiffel vai ganhar um dispositivo de proteção que inclui vidros blindados para enfrentar o risco de atentados terroristas, anunciou nesta segunda-feira o conselho da cidade de Paris.

O projeto, que tem um orçamento de 20 milhões de euros, prevê a instalação dos vidros blindados nos dois lados da torre para poder conservar a perspectiva, em frente ao rio Sena e à esplanada do Campo de Marte. Os outros dois lados do quadrante serão fechados por cercas metálicas, com controles de segurança, que vão reproduzir o perfil do monumento.

Também será reforçada a proteção contra veículos, com a instalação de obstáculos nos dois eixos viários em volta da Torre Eiffel e um sistema de câmeras de segurança na calçada adjacente e dentro do monumento.

Os trabalhos deverão terminar no segundo trimestre de 2018.

Estado de alerta

A nova medida de segurança é mais uma tentativa francesa de frear a escalada de ataques terroristas.

Desde o atentado à sede da revista Charlie Hebdo, em janeiro de 2015, a França permanece em estado de alerta. Seu plano Vigipirate, criado em 1978, é um dispositivo contra ameaças terroristas que estipula medidas de segurança de acordo com o nível de risco. Até então, o sistema era utilizado apenas em casos excepcionais, mas há dois anos permanece continuamente em vigor.

A forte vigilância, no entanto, não impediram novos ataques. Só em 2015, foram outros seis, entre eles o pior atentado sofrido pelo país, com mais de 140 mortos. Em 2016, foram outros dez, incluindo o que vitimou mais de 80 pessoas durante as comemorações do Dia da Bastilha.

No dia 16 desse mês, foi a vez de uma carta bomba explodir no escritório francês do FMI, deixando um ferido.

(Com AFP)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Guilherme Silva

    “Ganhar”, “dispositivo de proteção”, “enfrentar o risco”. Colocando nesses termos parece algo 100% positivo, parabéns aos políticos franceses por colocarem o país no rumo certo!

    Curtir