Clique e assine a partir de 9,90/mês

Tiroteio em igreja no Texas deixa dois mortos e um ferido

Atirador abriu fogo durante celebração, assassinou uma pessoa e foi morto por seguranças que reagiram

Por Redação - Atualizado em 29 dez 2019, 21h15 - Publicado em 29 dez 2019, 19h48

Um atirador abriu fogo em uma igreja da cidade de Fort Worth, no estado americano do Texas, durante uma celebração religiosa neste domingo, 29, matando uma pessoa e ferindo outra gravemente. Ele foi alvejado por tiros disparados por seguranças da igreja e morreu. As autoridades locais não sabem, até o momento, as motivações do autor do ataque.

A polícia foi chamada por volta das 10h da manhã (horário local) a West Freeway Church of Christ (Igreja de Cristo em West Freeway), na periferia de Fort Worth, vizinha a Dallas.

Além dos dois mortos e do ferido com gravidade, mais duas pessoas sofreram ferimentos leves enquanto se escondiam dentro da igreja. Porta-vozes do MedStar Mobile Healthcare, hospital para onde foram levados os feridos, apontaram que o homem acusado de efetuar os disparos foi encaminhado para a unidade, mas não resistiu aos ferimentos.

O ferido em estado mais grave sofreu parada respiratória enquanto era levado ao hospital, mas foi reanimado antes de ser levado para a sala de cirurgia.

Continua após a publicidade

Mike Tinius, um dos fiéis que acompanhava a cerimônia religiosa, afirmou ao normal The New York Times que um dos guardas que atuavam no local também morreu, ao trocar tiros com o homem que invadiu armado o local.

O governador do Texas, Greg Abbott, classificou o ataque na igreja como um “diabólico ato de violência”, e aproveitou para agradecer os seguranças por protegerem o local, atingirem o autor e evitado que mais pessoas morressem.

O tiroteio foi capturado em vídeo enquanto o culto da igreja aparentemente estava sendo transmitido no YouTube, de acordo com o New York Daily News. “Você sente que sua vida está piscando diante de você. Eu estava tão preocupado com meu pequeno ”, disse Isabel Arreola, que estava na igreja.

O ataque aconteceu cerca de 12 horas depois que um homem foi preso em Nova York, por esfaquear cinco pessoas na casa de um rabino, no norte da cidade.

Continua após a publicidade

(com Reuters e EFE)

Publicidade