Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Tempestade de neve cancela voos e aulas no nordeste dos EUA

Em Nova York, a previsão é que até 30 cm de neve se acumulem nas ruas

Depois de um dia de calor recorde para o inverno, o nordeste dos Estados Unidos amanheceu nesta quinta-feira coberto por uma camada de neve que não parava de aumentar. A tempestade provocou o fechamento de várias escolas, prejudicou o trânsito e cancelou centenas de voos. A neve começou a cair durante a madrugada e segue intensa ao longo do dia.

A tempestade foi anunciada na quarta-feira, quando, em um contraste surpreendente, foram registradas temperaturas de até 16 graus, que provocaram um clima quase de primavera. Durante a quinta, porém, a previsão é de que se acumularão até 30 centímetros de neve em Nova York.

Mais de 1.600 voos com saída ou destino aos aeroportos nova-iorquinos (JFK, LaGuardia e Newark) foram cancelados, enquanto em Boston 60% dos aviões ficaram em solo, informou a rede CBS. Ambas as cidades, além da Filadélfia, na Pensilvânia, decretaram a suspensão das aulas nas escolas públicas.

Em Nova York, o prefeito Bill de Blasio pediu aos habitantes que permaneçam em suas casas e, principalmente, que evitem utilizar seus automóveis. Uma morte relacionada à tempestade foi registrada na cidade – um porteiro escorregou e atingiu uma porta de vidro, enquanto limpava a neve da calçada. Residentes da metrópole publicaram vídeos da nevasca nas redes sociais, mostrando caos nas estradas e ruas quase desertas em Manhattan.

(Com AFP)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Marco Alves Monteiro

    Essas nevascas e esse frio são um claro desrespeito à religião do Aquecimento Global e ao seu messias Al Gore. Coisa de Trumpista, mesmo.

    Curtir