Clique e assine com 88% de desconto

Segunda caixa-preta do voo que caiu em Havana é encontrada

Artefato registra os parâmetros técnicos do voo, de acordo com as autoridades de Cuba

Por Da Redação - 24 maio 2018, 21h53

A segunda caixa-preta do voo da Cubana de Aviación, que caiu na última sexta-feira (18), em Havana, capital de Cuba, foi encontrada pelas autoridades locais nesta quinta-feira (24).

Esta é a caixa-preta que registra os parâmetros técnicos do voo, explicou à emissora oficial cubana o presidente do Instituto de Aeronáutica Civil de Cuba, Armando Daniel López.

A primeira caixa-preta – que grava os sons da cabine do avião – foi recuperada horas depois do acidente, que ocorreu pouco depois de o avião ter decolado do aeroporto de Havana, matando 111 pessoas.

Pelo menos 50 vítimas do acidente já foram identificadas, segundo o governo cubano. Entre os mortos estão os seis membros da tripulação mexicana do Boeing 737-200, um casal de argentinos, uma turista mexicana e dois homens do Saara Ocidental.

Publicidade

A aeronave, fabricada em 1979, era usada pela estatal Cubana de Aviación e pertencia à empresa mexicana Damojh (Global Air). As autoridades aeronáuticas mexicanas suspenderam temporariamente as operações da companhia para revisar as medidas de segurança de suas naves.

Enquanto isso, duas cubanas continuam lutando pela vida em um hospital de Havana. Segundo os médicos, estão em “estado crítico extremo, com alto risco de complicações”.

(Com EFE)

Publicidade