Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Rei da Tailândia torna sua ex-guarda-costas a rainha do país

Rama X surpreendeu ao casar-se com Suthida Vajiralongkorn, de quem era amante há anos; coroação do monarca será no dia 4

Não, a moça não caiu durante o casamento do rei da Tailândia. Nem sua majestade, Maha Vajiralongkorn Bodindradebayavarangkun, mais conhecido como Rama X, antecipou-se a socorrê-la. A imagem registrou um ato protocolar do casamento real, nesta quarta-feira, 1, quando o monarca derramou água sagrada na cabeça de sua noiva, deitada aos seus pés, como todos os demais convidados.

A noiva é a general Suthida Vajiralongkorn Na Ayudhya, uma ex-aeromoça que ascendeu a guarda-costas e chefe de segurança do monarca. Dias antes da cerimônia de coroação do rei, ela fora declarada sua rainha. Na quarta-feira, o contrato matrimonial foi assinado.

Em comunicado, a coroa tailandesa anunciou que o rei, de 66 anos, “decidiu promover a general Suthida Vajiralongkorn, sua companheira, a rainha Suthida. Ela agora terá um título real e será considerada parte da família.”

“O rei promoveu uma cerimônia de casamento seguindo a lei e as tradições reais de maneira completa e direita”, concluiu o texto.

O casamento real aconteceu no Ampornsathan Throne Hall em Bangcoc, capital do país asiático. A irmã mais nova do rei, a princesa Sirindhorn, e o ex-regente da Tailândia, o general Prem Tinsulanonda, assinaram os documentos do enlace como testemunhas. As cabeças dos convivas, assim como a da noiva, se mantiveram abaixo da do monarca, como sinal de respeito – e para evitar punições.

O rei da Tailândia, Maha Vajiralongkorn, e a rainha consorte Suthida, se casam em cerimônia realizada em Bangcoc – 01/05/2019

O rei da Tailândia, Maha Vajiralongkorn, e a rainha consorte Suthida, se casam em cerimônia realizada em Bangcoc – 01/05/2019 (Thailand Royal Household/Reuters)

Vajiralongkorn assumiu o trono tailandês depois da morte de seu pai, em 2016, tornando-se o rei Rama X. Ele é o décimo monarca da dinastia Chakri, liderança do país desde a posse de Rama I em 1782. A coroação oficial do rei será realizada no próximo sábado, 4, e a celebrações da ocasião devem se estender até segunda-feira, 6.

Este já é seu quarto casamento. Rama X tem duas filhas e cinco filhos das uniões anteriores. Somente um deles será oficialmente reconhecido como príncipe e participará da linha de sucessão.

Vida secreta

A rainha Suthida era amante de Vajiralongkorn há muitos anos, mas o envolvimento nunca havia sido oficialmente reconhecido. Ela era chefe da guarda pessoal do rei desde 2014, depois de anos trabalhando como aeromoça da Thai Airways, e fora promovida por ele a general em 2016.

Mais detalhes sobre a vida pessoal da nova rainha não podem ser publicados, já que agora, como membro importante da família real, ela está protegida pela lei lese majeste.

O casamento do rei da Tailândia, Maha Vajiralongkorn, e da rainha consorte Suthida, surpreendeu as autoridades – 01/05/2019

O casamento do rei da Tailândia, Maha Vajiralongkorn, e da rainha consorte Suthida, surpreendeu as autoridades – 01/05/2019 (Thai TV/Pool/Reuters)

Esta regra, seguida à risca na Tailândia, torna ilegal qualquer conteúdo que possa difamar, insultar, ou ameaçar o rei, a rainha e possíveis regentes. Por essas restrições, a imprensa, incluindo veículos estrangeiros como a CNN e a BBC, podem informar apenas certos detalhes dos membros mais elevados da família real.

Pessoas consideradas culpadas de lese majeste podem ser condenadas a até 15 anos de prisão pela ofensa, com algumas sentenças chegando a 60 anos de reclusão. Apesar da fama dessa regra, não existe uma definição legal exata do que configura esta ofensa, e as denúncias podem ser feitas por qualquer um, até mesmo pessoas sem conexões com a família real.

O número de processos aumentou exponencialmente nos últimos anos, e entidades denunciam que a junta militar utiliza a lei para silenciar dissidentes e demais opositores.