Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Quem é Narges Mohammadi, vencedora do Prêmio Nobel da Paz

Defensora dos direitos das mulheres, engenheira e mãe de gêmeos cumpre 10 anos de prisão no regime teocrático do Irã

Por Da Redação
6 out 2023, 16h02

Em meio ao apartheid entre homens e mulheres promovido pelo regime totalitário do Irã, a ativista Narges Mohammadi, de 51 anos, fez sua voz ecoar pelo mundo e venceu, nesta sexta-feira, 6, o Prêmio Nobel da Paz — reconhecimento de uma vida dedicada à luta, e resposta à repressão do regime dos aiatolás.

+ Ativista iraniana leva Nobel da Paz por luta contra opressão das mulheres

Mesmo presa desde 2016, cumprindo pena de 10 anos e 6 meses, Narges continua na linha de frente do combate. Ela é vice-presidente do Centro de Defensores dos Direitos Humanos, organização não governamental liderada pela jurista Shirin Ebadi, outra revolucionária iraniana que também foi agraciada com a premiação em 2003.

Sua postura combativa foi gestada quando ainda era estudante, aos 32 anos, e resultou em consequências duras. A ativista acumula no histórico 13 prisões e uma condenação, que totaliza 31 anos de encarceramento e 154 chicotadas, segundo o Comitê Norueguês do Nobel.

“Meu objetivo naquela época era combater a tirania religiosa, que junto com a tradição e os costumes sociais levou à profunda repressão das mulheres no Irã”, escreveu ela em um artigo para o jornal americano The New York Times em 16 de setembro deste ano, data do primeiro aniversário da morte de Mahsa Amini, de 22 anos, enquanto estava presa e sob a custódia da polícia da moralidade iraniana.

Continua após a publicidade

O incidente levou a um levante de protestos entre as mulheres contra a repressão de Teerã.

A perseguição protagonizada contra Narges têm impactos extensos. No âmbito familiar, o marido da ativista revelou que não consegue ver a esposa há 15 anos e que os filhos gêmeos, de 16 anos, estão há 7 longe da mãe, por conta das prisões em série.

Ela é a 19ª mulher a conquistar o Nobel da Paz, dado 92 vezes a homens ao longo da história.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.