Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Primeiro-ministro do Líbano renuncia após duas semanas de protestos

'Eu me encontro sob um impasse', afirmou o premiê Saad al-Hariri

O primeiro-ministro do Líbano, Saad al-Hariri, anunciou sua renúncia do cargo nesta terça-feira, 29. A demissão do mandatário já vinha sendo especulada pela imprensa internacional, após duas semanas de intensas manifestações no país.

Em um discurso televisionado, o premiê afirmou que se econtrava “sob um impasse” e comunicou que decidiu enviar seu pedido de demissão ao presidente libanês, Michel Aoun.

O Líbano enfrenta treze dias seguidos de protestos contra a situação econômica. O país tem a terceira maior taxa de dívida pública por produto interno bruto do mundo, de 152%, atrás apenas de Japão e Grécia.

No segunda-feira 21, o premiê havia anunciado um pacote de reformas para conter a crise que envolvia diversas medidas, dentre elas o corte de 50% dos salários dos políticos. Ainda assim, os protestos continuaram.