Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

O.J. Simpson ganha liberdade condicional

Ex-astro do futebol americano deixará o presídio em outubro

O ex-astro do futebol americano O.J. Simpson ganhou sua liberdade condicional nesta quinta-feira, após uma decisão emitida pelo comitê do Centro de Detenção de Lovelock, no estado de Nevada, nos Estados Unidos. Simpson deixará a prisão em outubro, após cumprir nove dos 33 anos a que foi condenado em 2008 por sequestro e assalto à mão armada em Las Vegas, quando tentou roubar seus próprios artefatos esportivos em um quarto de hotel.

“Simpson respeitou as regras da prisão e mudou de uma maneira aceitável, além de não ter nenhuma condenação anterior”, disse um dos membros do comitê. 

Durante os últimos anos, Simpson ficou detido na prisão de segurança média no deserto de Nevada, juntamente com seus companheiros de assalto. O ex-atleta defende que no momento do crime estava recuperando objetos pessoais que haviam sido roubados e que não sabia que seus companheiros estavam armados.

O ex-astro de futebol americano se tornou conhecido por protagonizar um dos mais célebres julgamentos americanos dos últimos tempos que, recentemente, virou uma série ficcional. Simpson foi acusado de assassinar sua ex-mulher, Nicole Brown Simpson e o amigo dela Ron Goldman. 

No julgamento que concentrou a atenção dos Estados Unidos em meados de 1995, Allen Wattenberg, proprietário de uma loja de facas, testemunhou que um de seus empregados vendeu uma faca a Simpson no dia 3 de maio de 1994. Wattenberg acrescentou que na ocasião o ex-astro de futebol pediu que o objeto estivesse afiado. 

A testemunha de acusação, Dr. Lakshmanan Sathyavagiswaran, disse aos jurados que os assassinatos poderiam ter sido realizados com uma faca da mesma espécie da que foi adquirida por Simpsons. No entanto, o médico legista afirmou não ter certeza total sobre isso. 

O ex-jogador foi absolvido pelos dois assassinatos em 3 de outubro de 1995. O processo durou cerca de nove meses, com 120 testemunhas, 45.000 páginas de provas e 1.100 exposições. 

(Com agência AFP)