Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Nem ONU, nem União Africana podem impor sua vontade no Sudão, diz Bashir

Por Ebrahim Hamid 10 Maio 2012, 08h53

Nem a ONU, nem a União Africana (UA) podem impor sua vontade no Sudão, declarou nesta quinta-feira o presidente Omar al-Bashir, em um momento de crescente pressão internacional sobre Cartum e Juba para que coloquem fim aos confrontos na fronteira.

“Ninguém pode nos impor o que não queremos: nem o Conselho de Segurança da ONU, nem o Conselho de paz e de segurança da União Africana”, declarou Bashir em um discurso em Cartum, referindo-se à resolução da ONU de 2 de maio que convocou o Sudão e o Sudão do Sul a colocar fim aos confrontos na fronteira e os ameaçou com sanções.

Publicidade