Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Mulher é impedida de embarcar com um pavão em voo nos EUA

Ela comprou uma passagem para o animal, mas a companhia aérea afirmou que ele não atendia aos requisitos de peso e altura

Por Da redação 31 jan 2018, 15h06

Uma mulher foi impedida de embarcar em um voo da United Airlines junto ao seu pavão no aeroporto de Newark, em Nova Jersey, Estados Unidos. A passageira alegou que o animal era seu suporte emocional, mas a companhia aérea informou que ele não atendia às diretrizes de peso e tamanho para ir junto aos demais passageiros.

A mulher havia comprado a passagem para que o bicho pudesse voar ao seu lado no domingo rumo a Los Angeles. Porém, a companhia aérea afirmou que já havia avisado a passageira antes que ela chegasse ao aeroporto de que o animal não poderia embarcar.

Imagens compartilhadas no perfil do Facebook do The Jet Set, um talk show americano sobre viagens, mostra o pavão, que possui o nome de Dexter, no hall do aeroporto chamando atenção dos outros passageiros. Um vídeo também mostra o momento em que a passageira chega com o animal apoiado em seu ombro.

A reação das pessoas nas redes sociais foi majoritariamente de apoio à companhia aérea, alegando que o pavão é um animal silvestre, que poderia causar transtornos aos outros passageiros. Diversos comentários na postagem do talk show eram de histórias de pavões que atacaram seres humanos.

Dexter, que pertence à artista americana Ventiko, possui uma conta no Instagram, que informou aos seus seguidores que seguiria a viagem rumo à Los Angeles por terra.

  • Nos Estados Unidos, as companhias aéreas permitem que passageiros com algum problema psicológico embarquem com animais considerados “suporte emocional”. Porém, o número deste tipo de solicitação tem crescido, criando a suspeita de que as pessoas têm tirado vantagem do benefício para se esquivarem de taxas de embarque de seus animais de estimação.

    Em 2014, uma mulher foi retirada de um voo da US Airways depois que seu porco, chamado Hobie, gritou e defecou antes da decolagem.

    Continua após a publicidade
    Publicidade