Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Kadhafi já não é capaz de uma grande ofensiva: chefe da Otan à AFP

As forças leais ao coronel Muamar Kadhafi já não são capazes de lançar uma ofensiva e a rebelião avança em todas as frentes, declarou o chefe das operações militares da Otan na Líbia, o canadense Charles Bouchard, em entrevista à AFP.

“As forças de Kadhafi já não tem possibilidades de conduzir uma ofensiva concreta contra a população civil”, afirmou o militar.

“Os efetivos de terra do regime de Kadhafi continuam diminuindo, em força e ânimo. Ainda há muitos mercenários, mercenários crueis que vêm de outros países e que são contratados pelas forças de Kadhafi para infligir (violência) a homens, mulheres e crianças”, declarou Bouchard em Nápoles, Itália, de onde dirige a missão.

A resolução 1973 do Conselho de Segurança da ONU, do final de março, abriu caminho para a missão da Aliança Atlântida destinada oficialmente a “proteger a população civil” do país norte-africano, em meio a uma revolta popular contra o coronel Kadhafi, no poder há 42 anos, que se transformou em seguida numa guerra civil entre rebeldes e leais ao governo.