Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Incêndio mata 30 animais em zoológico da Alemanha

Polícia suspeita que fogo que atingiu recinto dos primatas tenha sido causado por balões de Ano Novo

Por Da Redação - 1 jan 2020, 15h30

Um incêndio possivelmente causado por balões de Ano Novo matou pelo menos trinta animais em um zoológico da cidade de Krefeld, no oeste da Alemanha. O fogo começou pouco depois da meia-noite desta quarta-feira, 1º, e atingiu o recinto dos primatas.

A polícia abriu uma investigação de “incêndio criminoso por ação de negligência” e a principal suspeita é de que as chamas tenham sido causadas por balões de papel de seda com desejos para o novo ano, soltos nas proximidades do local. Esses artefatos são proibidos em quase toda a Alemanha, incluindo no estado onde fica Krefeld, desde 2009.

Perto do fogo foram encontrados três balões de papel com 34 centímetros de diâmetro e mensagens escritas a mão no interior com votos para 2020.

O chefe de polícia Gerd Hoppmann afirmou que testemunhas disseram ter visto os balões no ar, a uma altitude baixa, pouco antes de o fogo surgir no telhado do recinto dos macacos.

Publicidade

O incêndio matou dois gorilas, cinco orangotangos e um chimpanzé, além de primatas menores, outros mamíferos e aves, segundo afirmou Wolfgang Dressen, diretor do zoológico. De acordo com ele, é “quase um milagre” que dois chimpanzés terem sobrevivido com queimaduras leves ao “monstruoso incêndio”, que graças à atuação dos bombeiros não se propagou pelo jardim dos gorilas e pela área dos cangurus.

Um dos mortos foi o gorila Massa, de 45 anos, o mais velho da Europa, segundo afirmou Dressen.

(Com agência EFE)

Publicidade