Clique e Assine VEJA por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Incêndio em prédio de Londres começou em geladeira

Apesar da origem das chamas, a rápida propagação do fogo é atribuída ao revestimento inflamável do edifício

Por Da redação
Atualizado em 4 jun 2024, 20h45 - Publicado em 23 jun 2017, 10h58

O incêndio da Torre Grenfell, de Londres, que deixou 79 mortos, começou na geladeira de um apartamento, anunciou a polícia inglesa, que não descarta a possibilidade de apresentar acusações de homicídio no caso. “Temos evidência pericial de que o fogo não começou deliberadamente. O fogo começou em uma geladeira”, disse a comandante Fiona McCormick, nesta sexta-feira.

De acordo com a polícia, trata-se de uma geladeira Hotpoint FF175BP, “um modelo que nunca foi objeto de um recall”, e que agora passa por novos testes pelo fabricante. Após a revelação de McCormack, o governo ordenou análises independentes desse modelo de eletrodoméstico.

Apesar da informação sobre a origem, a rápida propagação das chamas foi atribuída ao revestimento do edifício. As autoridades disseram que nem a cobertura nem o interior do revestimento “passaram nos testes de segurança”. “Estamos considerando todos os delitos criminais, de homicídio para cima”, disse McCormick, sem revelar quem poderia ser eventualmente indiciado.

Continua após a publicidade

Segundo a policial, as autoridades examinam o “papel de todas as empresas envolvidas na construção e reforma do edifício”, além das possíveis infrações das regulamentações de segurança e de combate a incêndios.O revestimento foi instalado como isolante e com o objetivo de embelezar o edifício, durante uma reforma da torre em 2016. O governo da primeira-ministra Theresa May calcula, com base em dados das administrações locais, que a Inglaterra tem 600 prédios com o mesmo tipo de revestimento inflamável.

(Com AFP)

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 9,90/mês*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de 49,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$118,80, equivalente a 9,90/mês.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.