Clique e assine a partir de 9,90/mês

Espanha declara estado de emergência por coronavírus

Há 4.209 casos diagnosticados de Covid-19; país é o segundo mais afetado pela doença na Europa depois da Itália

Por Da Redação - Atualizado em 13 mar 2020, 12h49 - Publicado em 13 mar 2020, 12h15

A Espanha declarou estado de emergência em todo o país por 15 dias nesta sexta-feira, 13, por causa da pandemia de coronavírus. A medida permite que o governo limite a circulação de pessoas, mas não os direitos individuais dos cidadãos.

Há atualmente 4.209 casos diagnosticados de Covid-19 na Espanha, que é o segundo país mais afetado pela doença na Europa depois da Itália. Ao menos 120 pessoas morreram.

Mais cedo, o governo já havia colocado 70.000 pessoas em quatro cidades da Catalunha em quarentena. O Conselho de Ministros se reunirá neste sábado, 14, para dar início oficialmente ao estado de emergência.

“Estamos somente na primeira fase do combate ao vírus”, afirmou o primeiro-ministro, Pedro Sánchez. “Semanas muito duras nos esperam. Não cabe descartar que alcancemos 10.000 afetados na próxima semana”.

Continua após a publicidade

Segundo o jornal El País, entre as medidas que serão anunciadas durante o estado de emergência estão limitar a circulação ou permanência de pessoas ou veículos em determinadas horas e lugares; requisitar determinados bens ou determinar requisições civis; intervir em fábricas ou escritórios e racionar o uso de serviços ou consumo de bens de primeira necessidade.

Madri, que tem o maior número de casos no país, estava estranhamente quieta na sexta-feira, com lojas, ruas e cafés praticamente desertos, mesmo antes do anúncio do estado de emergência.

Enquanto isso, o País Basco, uma das regiões mais ricas da Espanha, decretou emergência de saúde, que o presidente regional Inigo Urkullu disse que permitiria à região declarar quarentena rapidamente, se necessário, retirar pessoas ou restringir o acesso a algumas áreas.

(Com Reuters)

Publicidade