Clique e assine com até 92% de desconto

Em Moscou, 2% da população tem coronavírus, diz prefeito

Sergey Sobianin advertiu que a capital da Rússia não superou o pico da pandemia; o país registrou 1.169 mortes por Covid-19

Por AFP 2 Maio 2020, 09h50

Em torno de 2% dos habitantes de Moscou, ou cerca de 250.000 pessoas, têm o novo coronavírus, disse o prefeito da capital russa, Sergey Sobianin, neste sábado, 2. “De acordo com testes de detecção em vários grupos populacionais, o número real de infectados é de 2% em Moscou”, afirmou Sobianin em seu blog.

Até o momento, a Rússia registrou mais de 114.000 casos do novo coronavírus, 57.300 deles na capital, o local mais afetado do país. Conforme dados oficiais, Moscou tem uma população de 12,7 milhões de pessoas, embora o número real de habitantes seja maior.

Sobianin explicou que Moscou aumentou sua capacidade de realizar testes de diagnóstico e conseguiu “conter a propagação da infecção” também devido às normas de distanciamento social decretadas pelo governo.

Ele advertiu que a capital não superou o pico da pandemia. Até o momento, a Rússia registrou 1.169 mortes por Covid-19.

  • Na sexta-feira, o ministro da Saúde informou que o número de crianças infectadas aumentou. Duas morreram de coronavírus no país, e outras 11 se encontram em estado grave.

    Continua após a publicidade
    Publicidade