Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Dois foguetes explodem em área próxima da embaixada dos EUA em Bagdá

Artefatos são de fabricação russa; não há vítimas, segundo a imprensa americana

Por Da Redação - 8 jan 2020, 19h13

Duas fortes explosões de foguetes, seguidas pelos alertas de sirenes, foram ouvidas em Bagdá, capital do Iraque, na noite desta quarta-feira, 8. Segundo a rede de televisão americana ABC News, o gabinete de segurança do primeiro-ministro iraquiano, Adil Abdul-Mahdi, os artefatos caíram em área próxima da embaixada dos Estados Unidos – a chamada Zona Verde, onde estão o Parlamento do país, representações diplomáticas e as forças da Organização do Tratado do Atlântico Norte Otan).

Os foguetes são Katyusha, de fabricação russa, segundo Mahdi.  Os ataques com artefatos como esses têm sido comuns na região desde o assassinato do general iraniano Qasen Soleimani, comandante das forças de elite da Guarda Revolucionária do Irã, no último dia 2, em Bagdá. Nenhuma milícia assumiu a responsabilidade pelas explosões até o momento. O governo do Irã tampouco se pronunciou sobre os incidentes.

A ABC News informou não haver vítimas.

(Com Reuters)

Publicidade

 

Publicidade