Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Coreia do Norte dispara míssil que sobrevoa o Japão

O governo japonês emitiu alertas de emergência para que os moradores se refugiassem em locais seguros

Por Da redação - Atualizado em 30 ago 2017, 11h17 - Publicado em 28 ago 2017, 18h55

A Coreia do Norte disparou um míssil não identificado nesta segunda-feira (início da terça-feira no horário local). O projétil passou sobre a ilha de Hokkaido, no Japão. O governo japonês emitiu alertas de emergência para que os moradores de algumas áreas se refugiassem em locais seguros.

Segundo a emissora NHK, o Japão não tomou nenhuma ação para derrubar o míssil. “Aparentemente um míssil balístico foi disparado e sobrevoou nosso país”, afirmou o primeiro-ministro japonês Shinzo Abe. “Vamos reunir mais informação imediatamente e analisar os dados e faremos nosso melhor para proteger o público”.

Segundo o secretário de gabinete do Japão, Yoshihide Suga,  o míssil norte-coreano e quebrou em três partes e caiu no mar 1.180 quilômetros a leste do Cabo de Erimo, em Hokkaido. Ainda não se sabe que tipo de projétil foi usado.

“Esta é a maior e mais grave ameaça feita contra nossa nação”, afirmou Suga durante entrevista coletiva.”Isso poderia colocar em perigo a paz e a segurança na região da Ásia Pacífico”, disse, acrescentando que o governo protestou contra a ação nos mais fortes termos.

Publicidade

A última vez em que os norte-coreanos dispararam um míssil sobre o Japão foi em 1998. O lançamento de hoje, contudo, acontece em um momento de crescimento da tensão entre os dois países. Pyongyang vem ameaçando nos últimos meses disparar projéteis sobre o território japonês e nas águas americanas de Guam, localizado na Micronésia.

Segundo a emissora americana NBC, o projetil norte-coreano foi disparado por volta das 5:57 da manhã do horário local (18h27 em Brasília).

Publicidade