Clique e assine a partir de 9,90/mês

Pandas em zoo sob quarentena acasalam pela 1ª vez em 13 anos

Em 2014, havia apenas 1.864 pandas na natureza; a inseminação artificial tem sido o principal meio de reprodução dos animais

Por Da Redação - Atualizado em 8 abr 2020, 16h22 - Publicado em 8 abr 2020, 15h47

O isolamento humano parece ter tido pelo menos um efeito positivo no reino animal nestes tempos de epidemia de coronavírus. Desde 2010, os pandas Ying Ying e Le Le tentam copular em seu espaço no zoológico do Ocean Park, em Hong Kong. O casal finalmente conseguiu “ter êxito no acasalamento natural” no início desta semana, segundo a gestão do parque, que está fechado há meses em respeito à quarentena imposta pelas autoridades da região administrativa especial chinesa para conter o avanço da pandemia de Covid-19

“Ying Ying (fêmea) e Le Le (macho) mostraram sinais de entrada no ciclo estral desde o final de março e tiveram êxito no acasalamento natural por volta das 9h desta manhã. Este é o primeiro sucesso há uma década”, disseram as autoridades do parque na segunda-feira 6.

“Desde o final de março, Ying Ying começou a passar mais tempo brincando na água, enquanto Le Le exalava seu odor em torno de seu habitat. Tais comportamentos são consistentes com os adotados pelos animais durante a estação reprodutiva, que ocorre uma vez por ano entre março e maio”, explicaram.

O diretor-executivo do zoológico do Ocean Park, Michael Boos, alertou para o fato de que Ying Ying pode estar passando por uma “gravidez psicológica” e que os sinais da gestação, como alteração comportamental e hormonal, devem aparecer a partir de final de junho. Se realmente estiver grávida, Ying Ying deve dar à luz até o início de 2021.

Continua após a publicidade

O panda, Ailuropoda melanoleuca, é uma espécie notória por sua dificuldade em procriar. Uma panda fêmea costuma estar fértil, como reporta o jornal americano The New York Times, por um intervalo de apenas 24 horas a 72 horas por ano, que ocorre normalmente entre março e maio.

Existiam apenas 1.864 pandas na natureza em 2014, segundo a estimativa mais recente da organização não-governamental Fundo Mundial para a Natureza (WWF). Nativa da China, a população de pandas, porém, cresceu em 17% entre 2004 e 2014, aponta a WWF. 

Continua após a publicidade

Nesse contexto, a fertilização in vitru de pandas tem sido uma prática comum. Mas, como ressalva Boos, “a chance de uma gravidez por acasalamento natural é maior do que por inseminação artificial”.

Embora Ying Ying e Le Le, ambos de 14 anos de idade, tenham começado a copular em 2010, quando atingiram a maturidade sexual, o casal está no Ocean Park desde 2007.

Ocean Park está fechado para visitação desde 26 de janeiro em respeito à quarentena imposta pelo governo de Hong Kong, liderado por Carrie Lam, para conter o avanço da Covid-19 na região.

A gestão do parque, porém, não associa a ausência de visitantes ao possível sucesso reprodutivo de Ying Ying e Le Le.

Continua após a publicidade

Considerada um exemplo no combate à pandemia, Hong Kong — com 7 milhões de habitantes, semelhante à população do Rio de Janeiro — contabilizou apenas 935 casos de Covid-19 até a terça-feira 7, segundo estimativa do jornal local South China Morning Post

Publicidade