Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Arco do Triunfo é vandalizado durante manifestação

O preço alto da gasolina, impostos excessivos e a renúncia do presidente Macron fazem das reivindicações do movimento francês que já dura dias

O primeiro-ministro da França, Édouard Philippe, denunciou neste sábado o ataque ao Arco do Triunfo, um dos principais cartões-postais de Paris, durante a manifestação dos chamados “coletes amarelos”. Manifestantes forçaram as barreiras de proteção e picharam as paredes do monumento com as palavras: “Os coletes amarelos triunfarão”.

O preço elevado da gasolina, impostos excessivos, valor dos aluguéis, aposentadorias insuficientes e até mesmo a renúncia do presidente Emmanuel Macron. fazem parte do pacote de  reivindicações do movimento francês que já dura dias.

Houve confrontos entre os manifestantes e a polícia. Segundo as fontes do Ministério de Interior, no fim da manhã 122 pessoas haviam sido presas, algumas das quais com objetos nas mãos que podiam ser utilizados de forma violenta, como martelos.

No terceiro sábado consecutivo de protestos dos “coletes amarelos”, o movimento mostrou sua divisão entre manifestantes pacíficos e outros cada vez mais radicalizados. Enquanto as cenas de caos se repetiam em torno da Praça Charles de Gaulle, local do Arco do Triunfo, cerca de 500 manifestantes protestavam de forma tranquila ao longo da avenida Champs-Élysées.

Com EFE