Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Alemanha prorroga lockdown até junho para conter casos de Covid

Nas últimas 24 horas, o país registrou 120 mortes - quase o dobro dos 67 óbitos da semana anterior

Por Eduardo F. Filho 25 abr 2021, 17h58

A Alemanha está lutando para conter o avanço de uma terceira onda de casos de Covid-19 no país. Nas últimas 24 horas foram registrados mais de 18.000 casos da doença e cerca de 120 mortes – número superior aos 67 óbitos em relação ao domingo passado. Até o momento, o país registra 3,2 milhões de mortos por coronavírus.

Apesar da Alemanha ter aplicado restrições rígidas, o número voltou a crescer neste final de semana, devido, em grande parte, pela variante B117 mais contagiosa, que surgiu pela primeira vez no Reino Unido. O ministro das Finanças, Olaf Scholz, disse em entrevista a um jornal alemão que não deverá ter alívio nas medidas restritivas antes do final de junho. 

Precisamos de um cronograma para voltar à vida normal, mas deve ser um plano que não terá que ser revogado depois de alguns dias. O governo federal precisa ser capaz de traçar passos claros e corajosos rumo à uma abertura”, afirmou o ministro reiterando que essas medidas também vão esclarecer quando as idas a shows, teatros e estádios de futebol serão possíveis.

  • Segundo dados do Instituto Robert Koch (RKI), cerca de 18 milhões de pessoas já tomaram, pelo menos, a primeira dose da vacina contra a  Covid-19 no país – o equivalente a 22% da população da alemã. Entretanto, o ritmo de vacinação no território é considerável relativamente lento.

    Continua após a publicidade
    Publicidade