Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Roger terá reunião no Cruzeiro e pode rescindir contrato com o clube

Por Da Redação - 19 jun 2012, 13h58

O armador Roger, que ainda não entrou em campo com a camisa do Cruzeiro na atual edição do Brasileiro, pode deixar o clube mineiro. O jogador terá uma reunião com a diretoria celeste, nesta terça-feira, e existe a possibilidade do atleta rescindir o contrato com a Raposa e encerrar a trajetória no time de Belo Horizonte.

Esta temporada, de lesões seguidas e, consequentemente, falta de sequência de jogos, vem atrapalhando Roger, que fez a última partida pelo Cruzeiro há mais de um mês, no dia 9 de maio, eliminação celeste da Copa do Brasil, para o Atlético-PR. Na época, o treinador do time mineiro era Vágner Mancini, que hoje comanda o Sport, clube que tem interesse na contratação do meia.

Além do Sport, outro time interessado em contar com os trabalho de Roger é o Bahia, do técnico Falcão, que contratou recentemente o meia-atacante Mancini, que estava no arquirrival do Cruzeiro, o Atlético-MG. Se realmente acertar o desligamento da Raposa, Roger vai encerrar uma trajetória de 99 jogos e 12 gols marcados.

Publicidade